Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 30 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/11/2020
PMMC MULTI 2020 NOV
PMMC NOVEMBRO AZUL
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Corinthians e Santos lutam para manter elencos; meia vira alvo de disputa

27 DEZ 2015 - 07h00

Depois do término de uma temporada no qual se destacaram como dois dos principais times do futebol brasileiro em 2015, Corinthians (mais novo hexacampeão nacional) e Santos (vencedor do Paulistão e vice-campeão da Copa do Brasil) lutam para reforçar os seus elencos. Mas, muito mais do que isso, os dois clubes têm como grande prioridade acertar a permanência dos principais jogadores dos seus elencos.

Apesar de ter conquistado o título do Brasileirão e acumulado rendas polpudas com bilheterias, o Corinthians segue tendo de pagar o seu caro estádio com salgadas parcelas mensais e enfrenta prejuízos financeiros. O Santos, por sua vez, também sofre para sair do vermelho e viu suas projeções de entradas de receitas ficarem limitadas depois de o clube ter fracassado na tentativa de assegurar classificação para a Copa Libertadores.

Dentro deste cenário, o Corinthians acabou perdendo Jadson para o Tianjin Quanjian, time da segunda divisão do futebol chinês comandado por Vanderlei Luxemburgo, que ofereceu um salário milionário ao meio-campista e acabou levando um dos principais nomes da campanha do hexacampeonato brasileiro.

Sem Jadson, o Corinthians anunciou na última segunda-feira a contratação do meia Marlone, que defendeu o Sport no Brasileirão deste ano e chegará ao time como opção para suprir a ausência de Jadson. Entretanto, o clube não descarta a possibilidade de contratar um novo meio-campista e de outros atletas para reforçar seu elenco.

E entre os possíveis nomes cotados para se tornar reforço corintiano está o do meia Marquinhos Gabriel. O Santos está confiante de que poderá exercer o seu direito de compra do jogador, que pertence ao Al-Nassr, da Arábia Saudita, mas ainda não conseguiu acertar a permanência do atleta, cujo contrato de empréstimo vence no próximo dia 31.

Os dirigentes santistas fizeram uma proposta de US$ 4 milhões aos árabes pela compra do meio-campista em definitivo, mas, caso não haja acordo entre as partes, o Corinthians poderá entrar na disputa para contratar o jogador. Tite gosta do futebol de Marquinhos Gabriel e o clube estaria disposto a investir para trazer o atleta para o Parque São Jorge, pois ele seria um nome de maior peso para substituir Jadson. E Marlone, com apenas 23 anos, teria de assumir grande responsabilidade e enfrentar pressão considerável logo de cara se passar a ocupar a vaga aberta pela saída do atleta que jogará no futebol chinês.

Sem dinheiro para grandes contratações, o presidente do Santos, Modesto Roma Jr, já disse que o grande "reforço" do clube será a manutenção do elenco para a temporada de 2016. Entretanto, não será fácil segurar nomes como, por exemplo, o do meia Lucas Lima, que se destacou no ano e passou a ser convocado por Dunga para defender a seleção brasileira.

O clube também sonha com um possível novo retorno de Robinho, que acaba de deixar o Guangzhou Evergrande, da China, mas Modesto admite que apenas com a ajuda de parceiros poderia arcar com o alto salário do atacante.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias