Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 01 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/10/2020
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO

Corinthians encara Cobresal por liderança de grupo da Libertadores

20 ABR 2016 - 08h00

A sequência de decisões nos próximos dias fez o técnico Tite mudar a escalação do Corinthians para o jogo de hoje contra o Cobresal, do Chile, às 21h45, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela sexta e última rodada do Grupo 8 da Copa Libertadores.

A equipe entra em campo apenas com o goleiro Cássio como titular.

Já classificado às oitavas de final, o Corinthians preferiu dar descanso aos principais jogadores para se poupar da sequência compromissos. No sábado, o time decide vaga na final do Campeonato Paulista - contra o Audax, no Itaquerão - e na outra quarta-feira poderá jogar, fora de casa, já pela ida do mata-mata da Libertadores.

"É diferente quando um time descansado enfrenta um que jogou no meio ou no fim de semana. Não é a qualidade do adversário. É porque já estamos classificados. Se não estivesse assegurado não seria essa a decisão", explicou Tite em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, na zona leste de São Paulo.

A principal novidade é o retorno de Rodriguinho. O meia ficou quatro partidas fora com uma contusão muscular na coxa direita. O jogo vale para o time confirmar o primeiro lugar do grupo. Para isso, basta uma vitória simples. O resultado positivo daria à equipe um caminho teoricamente mais fácil nas oitavas de final, fora a vantagem de poder definir os confrontos como mandante.

Tite negou considerar a escalação como "alternativa". "Não é. Construímos a campanha com eles. Exceção feita ao Cássio em relação ao Walter, que poderia iniciar tranquilamente, mas a continuidade é importante", explicou o técnico.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias