Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 29 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/11/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC MULTI 2020 NOV
PMMC NOVEMBRO AZUL

Corinthians vence na estreia com gol contra aos 45 minutos do 2º tempo

18 FEV 2016 - 07h00

A sorte jogou ao lado do Corinthians na estreia da equipe na Copa Libertadores. Depois de jogar mal praticamente toda a partida, um gol contra aos 45 minutos do segundo tempo garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Cobresal, ontem, em El Salvador, no Chile. No fim, Lucca cruzou despretensiosamente pela direita e o zagueiro Escalona acabou tirando a bola das mãos do goleiro, marcando contra.

O gol salvou o Corinthians em uma partida de baixíssimo nível técnico de ambos os times.

O Corinthians até que começou o jogo melhor porque o Cobresal marcava muito mal. O time chileno dava espaço para os jogadores corintianos, que trocavam passes com tranquilidade.

Mas a superioridade alvinegra durou pouco. Aos 12 minutos, acabou a energia no Estádio El Cobre. A partida ficou paralisada por 12 minutos, quebrando o ritmo da equipe. Quando o jogo foi reiniciado, quem voltou melhor foi o Cobresal. O técnico Dalcio Giovagnoli aproveitou a paralisação para acertar a marcação. O time chileno passou a bloquear as investidas do Corinthians no meio de campo e, assim, impedia que a bola se aproximasse da sua área.

O Corinthians aceitou a marcação do adversário e pouco fez. Os laterais Fagner e Uendel mal davam as caras no ataque e o time não buscava as jogadas de linha de fundo.

Com a marcação ajeitada, o time chileno arriscou chutes de fora da área na tentativa de surpreender Cássio, já que a bola fica mais veloz por causa da altitude. Aí veio outra paralisação no jogo, desta vez para beneficiar o Corinthians. Cássio se chocou com Yago após cruzamento para a área e levou uma pancada na cabeça. O goleiro ficou caído no gramado, precisou de atendimento médico e o jogo só foi reiniciado cinco minutos depois. A parada diminuiu o ímpeto dos mandantes e a partida perdeu intensidade até o intervalo.

No segundo tempo, Tite mexeu no ataque e tirou Romero para a entrada de Giovanni Augusto. A mudança surtiu pouco efeito. O Cobresal continuou melhor, enquanto que o Corinthians repetia os erros. Rodriguinho, Elias e Bruno Henrique davam apenas passes e dribles óbvios e eram facilmente marcados

Aos 17 minutos, André entrou no lugar de Danilo. O Corinthians passou a ter mais presença de área, mas o problema da equipe continuava na criação das jogadas.

Até que aos 45 minutos, Lucca mandou a bola rasteiro para o meio da área e Escalona deu a vitória do Corinthians.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias