Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Em casa, Corinthians tenta reverter vantagem do Santos na Copa do Brasil

26 AGO 2015 - 08h00

Corinthians e Santos se enfrentam hoje, às 22 horas, no Estádio Itaquerão, em São Paulo, pela quarta vez no ano. E este confronto será o mais importante da temporada porque vale vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Além da vantagem de ter ganho o primeiro jogo por 2 a 0 na Vila Belmiro, o clube do litoral conta ainda com bom retrospecto diante do rival paulistano em 2015, com duas vitórias e um empate.

Hoje, o time do técnico Dorival Júnior pode perder por até um gol de diferença que estará classificado. Se marcar um, pode sofrer até três. Por isso, o Corinthians promete pressionar o adversário desde o começo do jogo. "A ideia é pressão onde a bola estiver, nas três zonas do campo: zona alta, média e baixa. É nosso objetivo", avisou o treinador Tite.

O técnico corintiano, no entanto, não terá o seu principal articulador no meio de campo. Jadson foi diagnosticado com um edema na coxa direita e acabou vetado pelo departamento médico. Tite não anunciou o substituto - fechou o treino de ontem à imprensa e não revelou qual será a escalação.

É possível, no entanto, que alguns titulares comecem no banco de reservas para evitar que o desgaste físico provocado pela maratona de jogos se transforme em lesão e que o treinador também faça mudanças táticas para deixar o time mais ofensivo. Foram relacionados 23 jogadores para a partida. As únicas ausências são Luciano, Jadson e Rildo, todos machucados.

"Não tenho a fórmula pronta. Mas sei que não dá para abrir mão de jogar mais do que o adversário, de ser mais competitivo e leal. Tem que construir a vitória assim", disse Tite.

Santos

O Santos também adotou o mistério. Dorival Júnior fez um treino fechado ontem, mas deve mudar apenas um jogador em relação ao jogo da Vila Belmiro. Marquinhos Gabriel pode entrar no lugar de Geuvânio para garantir maior posse de bola e toques curtos para diminuir a pressão corintiana.

A estratégia é o contra-ataque, mas sem uma retranca excessiva. Dorival Júnior promete atacar e tentar um gol para aumentar ainda mais a vantagem. Lucas Lima será novamente o cérebro do time para esticar a bola para Gabriel e Ricardo Oliveira.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias