Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 21 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC OUT ROSA
ÚNICCO POÁ
PMMC MULTI 2020

FPF apresenta projeto de remodelação

27 OUT 2015 - 07h00

A Federação Paulista de Futebol (FPF) apresentou ontem um plano de remodelação da entidade cujo ponto principal é a criação de um ranking para avaliação dos clubes, onde serão analisados gestão das finanças, transparência, uso da categoria de base, desempenho técnico e comportamento da torcida, entre outros itens.

Os clubes da séries A1 e A2 do Campeonato Paulista que tiverem melhor pontuação ganharão um aumento na receita variável, além de manter o fixo da FPF. Em três anos, um clube pode ganhar até 50% a mais em relação ao valor que recebe atualmente da entidade

O dinheiro virá de novos patrocinadores que a federação tem buscado com o apoio de uma agência de publicidade contratada especialmente para cuidar desse projeto. A agência, inclusive, já criou um novo logotipo para a federação em homenagem aos 75 anos da entidade.

"Vivemos um momento muito difícil com um descrédito total no futebol e o País enfrentando uma crise econômica sem precedentes Precisamos trabalhar em conjunto ou ficará ainda mais difícil. Esse projeto é para atravessarmos essa crise", disse o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos.

A federação vai montar um conselho de notáveis, composto por personalidades esportivas de renome para avalizar o ranking de clubes. A medida entra em vigor a partir de 2016.

Ainda não há uma estimativa de quanto a entidade vai distribuir para os clubes, mas, com o novo aporte financeiro, a entidade busca evitar que os times do Estado sejam atraídos pela recém-criada Liga Sul-Minas-Rio. O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, por exemplo, esteve na federação e destacou o aspecto financeiro do Estadual para justificar a sua recusa à nova liga. "O Paulista paga mais do que a Libertadores. A competição é organizada, somos bem remunerados e estamos contentes. Em São Paulo, temos uma situação diferente das outras federações e dos outros clubes do País", disse o mandatário alviverde. O Santos é outro clube contrário à liga. "Os clubes já têm a sua liga na Federação Paulista e na CBF. Precisamos é melhorar as que já existem", disse o presidente Modesto Roma Júnior.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias