Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 18 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
PMMC COVID LAR
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Jogadores brasileiros culpam desatenção por empate com o Uruguai

27 MAR 2016 - 08h00

A seleção brasileira deixou a Arena Pernambuco com um gosto amargo de derrota, apesar do placar ter sido 2 a 2 com o Uruguai, na noite de sexta-feira, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa de 2018. Ao final da partida, os brasileiros admitiram que a falta de atenção após o segundo gol do time nacional fez a diferença de forma negativa para a equipe de Dunga.

"Achei que quando abrimos 2 a 0, tínhamos o jogo na mão e vacilamos na marcação do primeiro gol do Uruguai. Colocamos eles de volta no jogo e, quando conseguiram o empate, se fecharam e jogaram no contra-ataque. Nosso grande erro foi levar o primeiro gol", analisou o meia Renato Augusto, um dos destaques do time brasileiro.

O goleiro Alisson, que fez pelo menos duas grandes defesas e evitou a derrota, acredita que tenha faltado tranquilidade para saber administrar a vitória por dois gols de diferença. "A gente começou muito bem, mas fizemos o gol cedo. Talvez faltou um pouco de tranquilidade para controlar o jogo. Eles jogam atrás, por uma bola, um vacilo. Tomamos o gol que não podíamos ter tomado. Infelizmente, não deu para sair com a vitória", lamentou

Com o resultado, o Brasil se manteve na terceira colocação com oito pontos, enquanto o Uruguai é o segundo colocado, com dez. O time comandado por Dunga volta a campo na terça-feira, para encarar o Paraguai, em Assunção. O atacante Neymar, suspenso pelo segundo cartão amarelo, cumpre suspensão.

JOGO EMPATADO

No confronto entre amigos, Uruguai e Brasil empataram por 2 a 2 na Arena Pernambuco, na sexta-feira à noite, mas Suárez deixou o gramado como vitorioso diante de Neymar. O uruguaio fez o gol que evitou a derrota fora de casa, enquanto o brasileiro deu uma assistência, mas não conseguiu aproveitar as oportunidades e ainda levou cartão amarelo, que o tira do confronto com o Paraguai, na terça-feira. E o Brasil deixou Pernambuco debaixo de vaias.

Com o resultado, o Brasil chegou aos 8 pontos e se manteve na terceira colocação nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa de 2018, com o Uruguai em segundo, somando 10 pontos. A seleção, porém, tem a mesma pontuação de Paraguai e Argentina, respectivos quarto e quinto colocados nos critérios de desempate por terem saldo de gols inferior ao dos brasileiros. Na próxima terça, pela sexta rodada do qualificatório enquanto os brasileiros encaram os paraguaios em Assunção, os uruguaios recebem o Peru em Montevidéu.

Se o faro de gol de Suárez foi destaque positivo, a insegurança de David Luiz pelo lado brasileiro foi a nota negativa. Ele foi o alvo preferido dos uruguaios. Antes da partida, a torcida fez um rápido protesto com xingamentos contra a presidente Dilma Rousseff e (PT) o Partido dos Trabalhadores.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias