Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 16 de janeiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/01/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS  - OFTALMOLOGIA
MRV
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Esportes

Mogi Basquete vence Brasília nesta sexta e fica a uma vitória de se garantir no G8

Com a vitória, o time segue na 8º colocação na tabela do NBB (Novo Basquete Brasil) e se garante entre os oito primeiros se vencer o Caxias do Sul no domingo (10), às 16h, também na capital, para fechar o turno

Por de Mogi09 JAN 2021 - 13h56
Mogi Basquete vence Brasília nesta sexta e fica a uma vitória de se garantir no G8Foto: Antônio Penedo/Mogi Basquete

O Mogi das Cruzes Basquete bateu o Brasília por 90 a 86 nesta sexta-feira (8), no Ginásio do Parque São Jorge, em São Paulo. Com a vitória, o time segue na 8º colocação na tabela do NBB (Novo Basquete Brasil) e se garante entre os oito primeiros se vencer o Caxias do Sul no domingo (10), às 16h, também na capital, para fechar o turno. O duelo terá transmissão ao vivo pelo DAZN.

O jogo foi equilibrado desde o começo, com vantagem para os mogianos por 21 a 14 no quarto inicial. No segundo, o time mandante reagiu e abriu uma diferença de oito pontos, terminando em 22 a 14. Após o intervalo, os brasilienses continuaram à frente, vencendo por 28 a 25, e no último, o Mogi Basquete reagiu, garantindo a vitória no período por 30 a 22.

“O primeiro tempo foi muito apático, sem energia. Um jogo estranho e sem dono. No segundo, conseguimos ter uma postura melhor e no quarto tivemos um ótimo início, abrindo quase 10 pontos de diferença. Depois, eles voltaram para a partida com duas bolas de três pontos, deixando o jogo bem equilibrado. Mas felizmente soubemos aproveitar o mismatch. O Gruber teve um ótimo momento e conseguimos a vitória. Estamos em uma sequência bem exaustiva. Independentemente de como foi o confronto hoje, precisávamos sair com a vitória”, ressalta o armador e capitão da equipe, Fúlvio Chiantia, que foi o mais eficiente (26), com 16 pontos, nove assistências e seis rebotes.

Também se destacara os alas-pivôs Wesley Castro, com 19 pontos e oito rebotes, Luís Gruber, cestinha do time com 21 pontos e seis assistências, e Fabricio Russo, com 12 pontos, e o ala-armador Guilherme Lessa, com 10 pontos.

Desfalques

O ala-pivô Douglas Santos ficou no banco com a equipe, mas ainda não tem condições de jogo. Ele está recuperado da Covid-19, mas ainda sente dores na parte inferior da perna esquerda, por conta de uma pancada sofrida antes de testar positivo para Coronavírus. Como estava infectado, o atleta havia parado o tratamento da lesão.

Briga pelo G8

Na oitava colocação, com sete vitórias e sete derrotas, os mogianos têm à frente da tabela Franca (7º, com 8 Vitórias – 7 Derrotas). Também entram na briga por uma vaga entre os oito melhores Unifacisa (9º, com 6 Vitórias – 7 Derrotas) e Corinthians (10º, com 6 Vitórias – 7 Derrotas).

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias