Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 23 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

No Rio, Corinthians enfrenta o Vasco e busca vitória para ser campeão

19 NOV 2015 - 07h00

O Corinthians enfrenta hoje o Vasco, às 22 horas, para tentar se consagrar como hexacampeão brasileiro. A partida pela 35.ª rodada promete ser tensa pela importância do confronto para os dois times. Se o técnico Tite busca o título, Jorginho quer evitar o rebaixamento O duelo no Rio inclusive foi transferido do Maracanã para o estádio de São Januário justamente para que o torcedor possa pressionar o adversário o tempo todo, desde antes do início do jogo.

Já prevendo dificuldades, Tite faz de tudo para manter o grupo focado e até evita cravar se os jogadores que estavam na seleção brasileira começarão como titular. À exceção do goleiro Cássio, que não enfrentou o Peru e vai encarar o Vasco, Gil, Elias e Renato Augusto serão avaliados e podem começar no banco de reservas.

"Estou com a cabeça dividida. Externei isso aos três atletas (Edu Dracena, Bruno Henrique e Rodriguinho) que foram preparados para iniciar. Vai ter avaliação médica, física, diretiva e a manifestação do atleta é importante. Eu não vou carregar o peso de uma lesão séria. Se tiver com saúde, vai jogar. Se não tiver, não joga", avisou.

Ele explica que conversou com os jogadores que podem entrar e pediu para que estejam preparados para jogar ou não. Ele quer que o nível de concentração seja o maior possível e sabe que isso pode atrapalhar o Corinthians na disputa contra o Vasco. "Pela primeira vez vamos tentar o título porque nas outras oportunidades não estava na nossa mão. Sabemos o grau de dificuldade de enfrentar o Vasco".

Tite entende que o rival vem em uma ascensão, o que torna as coisas ainda mais difíceis. Por isso, quer que o time mantenha o padrão das últimas rodadas. "Nos últimos 11 jogos, o Vasco tem tido uma das melhores campanhas. Está com um nível de confiança alto e isso aumenta o grau de dificuldade", disse o treinador, que exige um bom desempenho. "Se temos feito um campeonato de nota sete para cima, queremos que seja de sete para cima contra o Vasco".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias