Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 18 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID LAR

Pelé reafirma erro médico: ‘Teve um problema e fiz um reparo’

08 ABR 2016 - 08h00

Pelé participou de um evento em São Paulo ontem e reafirmou que houve erro médico em sua primeira cirurgia do quadril feita em 2012, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo o "Rei do Futebol", a segunda operação fez com que as dores desaparecessem.

"Não sou especialista nisso, mas a gente sempre procura os melhores profissionais. Quando fiz a cirurgia aqui (em 2012), parece que teve algum problema", disse Pelé, que chegou ao evento no Clube Esperia, na zona norte de São Paulo, ainda andando com dificuldade.

A nova cirurgia foi feita em dezembro do ano passado, nos Estados Unidos. "Segundo os médicos de lá, houve pequeno equívoco médico, por isso não conseguia passar a dor. Ouvi outro médico e fiz um reparo. Se ele estava certo ou não, graças a Deus estou bem, não tenho mais dores".

O hospital Albert Einstein já divulgou uma nota rebatendo a declaração de Pelé. O médico Roberto Dantas, ortopedista que operou o ex-jogador em 2012, também negou que houve erro médico na cirurgia.

"Não existe nada de erro médico. Esta história do parafuso que ele conta, ele entendeu errado. Antes de o Pelé ir para os Estados Unidos, para esta nova cirurgia, repetimos todos os exames e não encontramos de modo algum nada errado na prótese do seu quadril", garantiu o médico.

Parte do corpo clínico do hospital Albert Einstein, Roberto Dantas foi o responsável pela implantação de uma prótese entre o fêmur e a bacia de Pelé em 2012. O ex-jogador deu entrevista na última quarta-feira, na qual disse que o erro foi constatado pela equipe médica que o examinou em Nova York, antes da segunda cirurgia, para correção da suposta falha.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias