Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 20 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/10/2020
PMMC MULTI 2020
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo Outubro
SOUZA ARAUJO
PMMC OUT ROSA

Perto de mais um título, Corinthians reencontra Guerrero

25 OUT 2015 - 07h00

O reencontro da torcida do Corinthians com Guerrero, hoje, às 17 horas, deve marcar também quebra de recorde de público no estádio Itaquerão, em São Paulo, no jogo contra o Flamengo, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já foram vendidos 41 mil ingressos para os corintianos e, se a torcida rubro-negra comprar 810 ingressos (o que é muito provável que aconteça), o recorde de 41.809 pagantes da partida diante do Joinville, pela 25.ª rodada, será superado

A torcida do Corinthians está ansiosa para o reencontro com Guerrero. Quase um mês antes do jogo já haviam sido vendidos 36 mil ingressos. Após uma longa e conturbada negociação para renovar o seu contrato, o peruano recusou a proposta corintiana e deixou o Parque São Jorge em maio sem nem se despedir dos companheiros. No primeiro turno, na vitória por 3 a 0 dos paulistas, no Maracanã, o atacante não pôde atuar devido a um acordo entre os dois clubes.

As torcidas organizadas prometem ignorar Guerrero neste domingo e não farão nenhum protesto contra o jogador. Os chamados "torcedores comuns", no entanto, têm se mobilizado por meio das redes sociais para vaiar o ex-corintiano quando o Flamengo entrar em campo e toda vez em que ele tocar na bola.

Emerson, que foi para o Flamengo junto com Guerrero, não estará em campo porque foi suspenso pelo STJD. Diferentemente do peruano, ele deixou o clube de forma amigável. A postura da torcida divide o Corinthians. O presidente Roberto Andrade chegou a afirmar que, se estivesse na arquibancada, iria vaiar o peruano. Já o técnico Tite disse que o torcedor não deve se voltar contra Guerrero e sim apoiar os jogadores da sua equipe.

Uma coisa é certa, o atacante não terá marcação especial. "Guerrero é homem-gol e tem grande capacidade de finalização, mas nós marcamos por setor. Não fazemos marcação homem a homem", avisou Tite. A escalação, inclusive, será a mesma que goleou o Atlético Paranaense por 4 a 1 na última rodada.

O Corinthians chega ao jogo contra o Flamengo com oito pontos a mais do que o Atlético Mineiro (67 a 59). E, para manter essa boa vantagem do segundo colocado ou até mesmo aumentar ainda mais a distância caso o time de Belo Horizonte tropece diante da Ponte Preta, a equipe confia no ótimo retrospecto que possui quando joga em casa.

Hoje, o Corinthians disputará o seu 50.º jogo no Itaquerão. Até agora, venceu 35, empatou 10 e perdeu apenas quatro. "Nossa arena pulsa", disse Tite. Com novo triunfo, a equipe garante matematicamente a vaga na Copa Libertadores e só ficará fora do torneio se cair para a quarta colocação e Chapecoense ou Atlético Paranaense conquistar a Copa Sul-Americana. Assim, o G4 do Brasileirão viraria G3.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias