Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 02 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 02/12/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro

Reforçada por Neymar, seleção tem convocação de Cássio como novidade

23 OUT 2015 - 07h00

O técnico Dunga anunciou ontem, no Rio, a convocação da seleção brasileira para os duelos contra a Argentina e o Peru pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia. Após cumprir suspensão, Neymar está de volta, mas a grande novidade da lista está no gol. Cássio, do Corinthians, recebe a sua primeira oportunidade no time nacional desde 2012.

O Brasil terá pela frente na terceira rodada das Eliminatórias a Argentina, no dia 12 de novembro, no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, e duelará cinco dias depois contra o Peru, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A seleção tem três pontos até o momento, contra apenas um dos argentinos e nenhum dos peruanos.

Dunga também anunciou ontem algumas mudanças na programação da seleção, que realizará seus primeiros treinos, antes de ir para a Argentina, no CT do Corinthians, em São Paulo Como de costume, o treinador também definiu o novo auxiliar pontual, que será o ex-atacante Careca.

Mas a grande expectativa era mesmo em relação ao retorno de Neymar, que desfalcou a seleção nas duas primeiras partidas das Eliminatórias graças à suspensão recebida ainda durante a Copa América. Expulso diante da Colômbia, na primeira fase do torneio, pegou quatro jogos de gancho, que cumpriu diante de Venezuela e Paraguai, ainda na competição, além de Chile e Venezuela, já mirando a Copa do Mundo de 2018.

E o principal craque brasileiro volta à equipe em alta. Foi o grande destaque da goleada do Barcelona no último sábado, quando marcou quatro vezes no 5 a 2 sobre o Rayo Vallecano, pelo Campeonato Espanhol. Além disso, mostrou seu lado "garçom" na última terça-feira ao dar as duas assistências para os gols de Rakitic no triunfo por 2 a 0 sobre o BATE Borisov, pela Liga dos Campeões da Europa.

A volta de Neymar é tida como fundamental para o maior clássico da América do Sul. No dia 12 de novembro, o Brasil terá pela frente em Buenos Aires uma Argentina que busca desesperadamente a recuperação nas Eliminatórias e não deverá ter o retorno de seu principal astro: Lionel Messi.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias