Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Reunião deve sacramentar demissão de Oswaldo de Oliveira no Palmeiras

09 JUN 2015 - 08h00

Uma reunião na Academia de Futebol, hoje, deve sacramentar a demissão do técnico Oswaldo de Oliveira do Palmeiras. Os resultados ruins, aliados com a pressão de conselheiros e algumas atitudes do treinador fazem com que o presidente Paulo Nobre aceite o pedido da maioria de seus aliados e decida pela troca de comando.

Existia, inclusive, a possibilidade de sua demissão acontecer na noite de ontem, mas como Oswaldo de Oliveira estava no Rio com a família, a definição ficou para hoje.

A tendência é que Oswaldo seja chamado para uma reunião antes do treino, que será à tarde, e comunicado da decisão da diretoria. Além dos resultados ruins, algumas atitudes dele também incomodaram a diretoria. Uma delas foi reclamar publicamente da reunião feita por Alexandre Mattos, gerente de futebol, cobrando publicamente os jogadores.

Outro ponto foi deixar escapar a negociação com o atacante Alecsandro, do Flamengo, e pedir a contratação de um reforço experiente para o ataque. Tudo isso, além do fraco futebol da equipe, fez com que ele fosse sendo "fritado" no clube.



SUCESSORES NA MIRA

Em relação ao substituto, Marcelo Oliveira e Cuca são os mais cotados. O primeiro é amigo de Alexandre Mattos, com quem foi bicampeão brasileiro e deixou o Cruzeiro recentemente. O que pode dificultar o acerto é o salário. No clube mineiro, ele ganhava cerca de R$ 500 mil mensais, valor que o Palmeiras descarta pagar.

O plano B, mas que também não é barato, é Cuca. Ele está de saída do futebol chinês e diversas vezes já fez juras de amor ao Palmeiras, onde jogou em 1992. Ele chegou a ser sondado antes do clássico contra o Corinthians, mas como o time alviverde ganhou, Oswaldo de Oliveira ganhou sobrevida.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias