Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
futebol

Santos vence Timão por 2 a 0 e sai na frente na Copa do Brasil

20 AGO 2015 - 03h34

Coube ao talentoso Lucas Lima desmontar a melhor defesa do País e deixar o Santos perto da vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Com ótima atuação do meia, uma das novidades da lista de convocados de Dunga para a seleção brasileira, o time santista venceu o Corinthians por 2 a 0, ontem, na Vila Belmiro, e tem a vantagem de perder por até um gol de diferença na próxima quarta-feira, no Estádio Itaquerão, em São Paulo, que estará classificado. Se fizer um gol, pode sofrer até três.



Ontem, Lucas Lima não precisou marcar nenhum gol para se transformar no destaque do clássico. Mas, graças a seus passes açucarados, Gabriel e Marquinhos Gabriel acabaram com a invencibilidade do Corinthians que já durava 11 jogos. A última derrota da equipe de Tite, inclusive, havia sido justamente para o Santos, no dia 20 de junho, pelo Campeonato Brasileiro. Foi a quinta vitória seguida do Santos na Vila Belmiro sob o comando de Dorival Júnior.



Se faltava criatividade ao Corinthians no primeiro tempo, o Santos contava com Lucas Lima para fazer a diferença. Com extrema facilidade, o jogador comandava o meio de campo com toques rápidos e passes precisos. Aos 32 minutos, ele fez um cruzamento milimétrico para Gabriel, nas costas de Felipe e Fagner. Sem marcação, o atacante cabeceou firme para colocar o Santos em vantagem no placar.



A situação ficou ainda mais complicada para o Corinthians aos 42 minutos, quando Luciano, com uma lesão no joelho direito, pediu para ser substituído. Tite, então, colocou o apático Vagner Love.



Após o intervalo, o Santos não repetia o ímpeto ofensivo do primeiro tempo e o jogo diminuiu de intensidade. Bem marcado, Lucas Lima já não recebia mais a bola com tanta frequência e Ricardo Oliveira se limitava a brigar por espaço entre os zagueiros. Sem muitas opções, o Santos só voltou a criar uma boa chance aos 21 minutos Lucas Lima cruzou na cabeça de Ricardo Oliveira, que tirou de Cássio, mas viu Gil afastar quase em cima da linha.



Com o jogo truncado, Tite apostou na velocidade de Mendoza para tentar abrir espaço no meio da defesa santista. O colombiano entrou no lugar de Malcom com a instrução de jogar nas costas de Zeca. A estratégia não deu certo. E quem chegou ao gol foi o Santos. Aos 33 minutos, Marquinhos Gabriel, que havia entrado no lugar de Geuvânio, fez ótima tabela com Lucas Lima, invadiu a área e selou a vitória santista.



Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias