Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 01 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/11/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro

Só Cássio e Romero estão garantidos no Corinthians para jogo contra o Sport

28 NOV 2015 - 07h00

O Corinthians deverá enfrentará o Sport, amanhã, na Arena Pernambuco, no Recife, com um time misto. O técnico Tite diz que ainda não decidiu a escalação, mas poupará quem estiver mais desgastado. A tendência é jogar em Pernambuco com uma equipe mesclada entre titulares e reservas. Somente o goleiro Cássio, que pediu para jogar, e o atacante paraguaio Romero, destaque da goleada por 6 a 1 sobre o São Paulo, estão garantidos.

"Romero jogou muito (contra o São Paulo) e a tendência é de que permaneça. A partir daí começamos a fazer o time. Amanhã (sábado) temos a definição da equipe. Renato Augusto e Elias estão sentindo o desgaste da temporada. Ainda tenho que avaliar", disse Tite.

O Corinthians conquistou o título brasileiro com três rodadas de antecedência. O time tem 80 pontos e igualou o Cruzeiro de 2014, dono da melhor campanha desde 2006, quando o campeonato passou a ser disputado por 20 clubes no sistema de pontos corridos. Tite busca o recorde de pontos e, por isso, não vai antecipar as férias dos jogadores. Segundo o treinador, os atletas não pediram para serem dispensados.

"Todos os atletas estão à disposição. Ninguém veio pedir para sair antes de férias. Olha o grau de respeito entre eles mesmos: ‘Por que vou pedir para o Tite me liberar antes, mas o outro que trabalhou igual vai ficar?’", disse o treinador.

Questionado sobre quem foi o melhor jogador do Campeonato Brasileiro, o treinador dividiu o seu voto entre Renato Augusto e Jadson. "Se um dos dois não ganhar, será uma grande injustiça. Votei nos dois. Divide ou dá dois prêmios", disse.

O técnico Tite também afirmou que não se considera o personagem mais importante da campanha do hexacampeonato. O treinador preferiu destacar a qualidade dos jogadores "Estão me hipervalorizando. Nenhum técnico do mundo, por maior qualidade que tenha, não consegue trabalhar com material humano sem qualidade".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias