Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 30 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
SOUZA ARAUJO
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Torcida do SP deve lotar Pacaembu em jogo pela Libertadores amanhã

09 FEV 2016 - 07h00

O São Paulo anunciou ontem já ter vendido 25 mil ingressos para a partida de amanhã contra o Cesar Vallejo, do Peru, pela Copa Libertadores. A carga total é de 38.577 bilhetes. Dos setores ainda com entradas disponíveis para o duelo no do Pacaembu, os valores variam de R$ 70 a R$ 140. Somente o setor cadeira coberta azul não tem mais entradas à venda.

O jogo será a primeira decisão do time no ano. Depois do empate em 1 a 1 em Trujillo, na última quarta-feira, o São Paulo precisa de um empate sem gols ou de uma vitória simples para avançar à fase de grupos da competição. Em caso de novo empate em 1 a 1 a disputa irá para os pênaltis.

No Grupo 1, já estão confirmados o atual campeão, River Plate, além de The Strongest, da Bolívia, e de Trujillanos, da Venezuela.

A torcida passou dificuldades para comprar ingressos no último sábado para a partida contra o Água Santa, pelo Campeonato Paulista. Uma pane no sistema de vendas formou filas.

Por isso, funcionários da bilheteria chegaram a distribuir entradas para tentar diminuir a concentração de são-paulinos em frente ao Pacaembu. A presença de torcida no estádio foi pequena durante a partida, mas o clube não divulgou durante o jogo o número de pagantes e nem a renda.

CALLERI

O início de trajetória do atacante Jonathan Calleri no São Paulo colocou o argentino como recordista em um aspecto curioso. Os três gols nas duas primeiras partidas pela equipe, contra Cesar Vallejo e Água Santa, fazem dele o único na história do clube do Morumbi a ter estreado e marcado gols logo nos dois primeiros jogos seguidos de competição.

Em sua estreia, no confronto disputado no Estádio Mansiche, em Trujillo, diante do César Vallejo, do Peru, o técnico Edgardo Bauza promoveu a entrada do estreante Calleri, que herdou o lugar de Alan Kardec, e não desapontou. Com poucos minutos em campo, o reforço tricolor marcou por cobertura para confirmar o empate em 1 a 1 pelo jogo de ida da fase preliminar da Libertadores.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias