Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 28 de novembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/11/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC ISS
CREA-SP TRANSFORMAÇÃO
PMMC PARQUE
PMMC PPM
Final do Paulista

Usac segura pressão da Matonense, ganha por 2 a 1 e se aproxima do título do Paulista

Com um a menos durante a maior parte do segundo tempo, Javali das Palmeiras vence em Matão e pode até perder por um gol em Suzano

Por Daniel Marques - de Matão27 OUT 2021 - 17h16
Usac venceu a Matonense na tarde desta quarta-feira (27)Foto: Gero Rodrigues/Usac
Em um jogo dramático, o União Suzano (Usac) venceu a Matonense por 2 a 1 na tarde desta quarta-feira (27) na primeira final do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (quarta divisão do futebol paulista). Após fazer 2 a 0, o time de Suzano teve um jogador expulso e passou praticamente todo o segundo tempo sofrendo uma pressão muito intensa do time da casa.
 
Com o resultado, o Usac pode perder até por um gol de diferença na grande final do próximo sábado (30), no estádio municipal Francisco Marques Figueira, o Suzanão.
 
O jogo
 
Apesar de abrir o marcador e ir para o intervalo com a vantagem, o Usac não fez um bom primeiro tempo. Foi a Matonense quem tomou a iniciativa da partida. Diante de sua torcida, a equipe da casa tentou pressionar nos primeiros minutos e manteve maior presença ofensiva. Porém, pecou muito nas finalizações.
 
O Usac se postou para sair em contra-ataques, mas esbarrou na boa marcação do time de Matão. O gol saiu de uma bola parada após uma falta próxima da área. Mendes cobrou, para boa defesa do goleiro Leo Wall. Só que no escanteio, o goleiro da Matonense ficou parado e ninguém subiu. A bola sobrou dentro da pequena área para Daniel Bahia empurrar para as redes e colocar o Usac em vantagem no marcador. A Matonense tentou atacar, mas não conseguiu igualar o placar no primeiro tempo. 
 
Na segunda etapa, a equipe de Matão se atirou para o ataque e deixou muitos espaços. Não demorou para o Usac se aproveitar da situação. Em contragolpe rápido, Felipe Santana, aos 7 minutos, lançou para Denner que, de primeira, mandou um balaço no canto do goleiro da Matonense: 2 a 0.
 
Só que cinco minutos depois, Pablo deu uma entrada dura e levou o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo.
 
A partir daí, o jogo se tornou um drama para o Usac. A Matonense passou praticamente o tempo inteiro pressionando o time de Suzano, que não conseguia sair da defesa.
 
A torcida empurrou o time da casa para o ataque, e o goleiro Felipe Nicolas, do Usac, se tornou o grande protagonista da segunda etapa, fazendo belas defesas e ajudando a deixar o Javali das Palmeiras muito próximo do título.
 
Agora, o Usac jogará ao lado de sua torcida. Tanto o Javali das Palmeiras quanto a Matonense já garantiram vaga para a Série A3 de 2022. O jogo da taça acontecerá no próximo sábado, às 15 horas, no Suzanão.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias