Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 18 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/09/2020
PMMC COVID LAR
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Lance Livre - 04/10/2015

04 OUT 2015 - 08h00

Prazo maior

O prazo maior para definição de partidos, que passou de um ano para seis meses, fez com que pretensos candidatos nas eleições de 2016 deixassem para depois a definição de suas siglas.

Partidos

consultados

Os partidos políticos, em Suzano, consultados pela coluna Lance Livre tiveram de fazer um rearranjo em suas estratégias.

ISS

Em Brasília, a Câmara dos Deputados aprovou o texto principal do Projeto de Lei Complementar (PLC) 366/13 do Senado Federal, que estabelece alíquota mínima de 2% para o Imposto Sobre Serviços (ISS) que é cobrado pelos municípios e pelo Distrito Federal.

Guerra fiscal

O objetivo é acabar com a “guerra fiscal” entre os municípios.

Lista de serviços

O texto também amplia a lista de serviços sobre os quais incide o imposto. A votação das emendas e dos destaques que visam a alterar o texto foi adiada para esta semana.

Aprovação

O projeto, aprovado por 293 votos a favor e 64 contra, proíbe o Distrito Federal e os municípios de conceder benefícios com renúncia do ISS abaixo da alíquota de 2% para evitar a guerra fiscal entre unidades da federação.

Proposta

De acordo com a proposta, a desobediência às regras do texto será considerada ato de improbidade administrativa. O texto estabelece ainda que o ISS não poderá ser objeto de isenções, incentivos e benefícios tributários ou financeiros, inclusive de redução da base de cálculo ou de crédito presumido.

Alíquota

Várias cidades do Estado de São Paulo já estão aprovando leis para modificar a alíquota.

Intenso debate

Em São Paulo, por exemplo, após intenso debate, os vereadores aprovaram em definitivo — com 28 a favor 16 contrários —, o projeto que altera as alíquotas do ISS dos serviços relacionados à exploração de estandes para a promoção de feiras, exposições e congressos.

5% para 2,5%

De acordo com a proposta, os serviços citados terão redução da alíquota de ISS de 5% para 2,5%. Além disso, está prevista redução de 3% para os serviços relacionados a suporte técnico em informática, inclusive instalação, configuração e manutenção de programas de computação e bancos de dados.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias