Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 16 de maio de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/05/2021
CHECK UP - PÓS COVID

Lance Livre 05/01/2016

05 JAN 2016 - 07h00

Diário Oficial

O Diário Oficial do Estado publicou informação sobre a compra de um prédio que será a sede do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).

Condemat

O valor do prédio, com heliponto, é um ponto comercial construído pela Helbor Empreendimentos no estacionamento do Mogi Shopping. Custou R$ 1.043.917,63. A publicação foi feita na última quinta-feira.

Casa no Centro

de Suzano

O espaço será a sede particular da entidade, que hoje está instalada em uma casa alugada no Centro de Suzano.

Bicicletários

Projeto de lei sobre a instalação de bicicletários foi aprovado na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Argumentos

Os principais argumentos do projeto são que a bicicleta é ágil, econômica e não poluente. Seria uma forma privilegiada de combater os graves problemas que assolam, atualmente, o sistema de transporte das grandes cidades.

Funcionários

da administração

Com o intuito de viabilizar a utilização de bicicletas por parte dos funcionários da administração pública estadual e da população em geral; incentivar a utilização de meios de transporte não poluentes e ecologicamente sustentáveis; adoção de hábitos de vida saudáveis e a combate o sedentarismo são outros argumentos para o projeto de autoria do deputado Adilson Rossi (PSB).

Áreas de

estacionamento

Os bicicletários deverão apresentar áreas de estacionamento distintas para funcionários e usuários, proporcionais à quantidade de frequentadores; permitir a salvaguarda segura de cada bicicleta e protegê-las da chuva.

Repasses federais

Repasses financeiros aos municípios para apoio à gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas), do programa Bolsa Família (PBF) e de alguns pisos na modalidade fundo a fundo ainda não ocorreu por parte do governo federal.

CNM

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que as dívidas também viram de ano, pois não foram pagas com encerramento do exercício de 2015.

Inadimplência

Diante da inadimplência, a confederação denuncia que diversos municípios começaram o ano com dificuldades para gerir as políticas públicas socioassistenciais.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias