Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 19 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
PMMC COVID LAR
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Lance Livre 08-04-2020

Por Edgar Leite07 ABR 2020 - 23h59
Secretário  
de Saúde
O secretário de Saúde de Suzano, Luis Cláudio Guillaumon, postou em suas redes sociais apoio ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. 
 
Vídeo
O secretário de Suzano também aparece em um vídeo com o ministro.
 
Fica no cargo
Na noite de segunda-feira, Mandetta deu entrevista e disse que vai ficar no cargo. “Nós vamos continuar, porque continuando a gente vai enfrentar o nosso inimigo. O nosso inimigo tem nome e sobrenome: é o Covid-19. Nós temos uma sociedade para tentar lutar, para tentar proteger. Médico não abandona paciente. Eu não vou abandonar”, disse.
 
Isolamento
Na entrevista, o ministro disse que a saída que o País tem, ainda é uma medida que classificou de “muito primitiva” (a do isolamento social). “Estamos numa fase de fazer distanciamento social”, disse.
 
Aprovação
O Ministério da Saúde possui a aprovação de 43% dos brasileiros. É o que aponta a pesquisa "Covid-19 - A Visão da População", realizada pela Ipsos com mil entrevistados no País. O levantamento mensurou a aprovação de alguns setores públicos e privados no que concerne ao trabalho que está sendo feito em relação ao coronavírus.
 
Avaliação
Os entrevistados brasileiros deram notas em uma escala de avaliação de 1 a 10, sendo 1 o equivalente a "péssimo" e 10 o equivalente a "ótimo". O Ministério da Saúde foi o órgão que recebeu o índice de aprovação mais alto, com 43% (referente à soma das notas 8, 9 e 10).
 
WhatsApp
O WhatsApp limitou ontem a função de reencaminhar mensagens recebidas pelo aplicativo. Agora, os usuários só podem redistribuir mensagens a uma conversa por vez. A informação é do site Congresso em Foco.
 
Medida
A medida foi tomada, segundo declaração da empresa, para restringir a desinformação em tempos de pandemia. “Observamos um aumento significativo na quantidade de encaminhamentos que os usuários disseram que podem contribuir para a disseminação de informações erradas”, diz a declaração da companhia.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias