Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 12 de novembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/11/2019
Pmmc Refis 2019
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC SEGURANÇA

Lance Livre 10-11-2019

Por Edgar Leite09 NOV 2019 - 23h59
Marco Bertaiolli
O deputado federal Marco Bertaiolli participa amanhã do 1º Seminário Internacional Integrado sobre Segurança Pública e Segurança Digital do Estado de São Paulo. A informação é da assessoria do deputado.
 
Convite
O convite partiu do Ministério Público do Estado de São Paulo em razão do Plano Municipal de Segurança Integrado que o parlamentar lançou em Mogi das Cruzes, em 2016, quando foi prefeito da cidade. 
 
Documento
Na época, o documento foi elaborado sob a coordenação da Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Segurança, e envolveu todos os agentes públicos, como entidades constituídas, órgãos e a Sociedade Civil Organizada, como Conselhos Municipais os Consegs. 
 
Bem-comum
“Fizemos um pacto na cidade em prol do bem-comum, da segurança pública, mas principalmente da tranqüilidade e do direito de ir e vir das pessoas”, salienta Bertaiolli. 
 
Participação
O evento terá a participação do governador João Doria, do secretário de Estado de Relações Internacionais, Júlio Serson, do presidente da Sociedade Consultar e Cônsul-Geral da República da Coréia, Hak You Kim, e do presidente da Associação Paulista do Ministério Público, Paulo Penteado, entre outras autoridades.
 
Integração
Foi justamente a integração e o pacto formado por todos os entes que resultaram no convite feito pelo Ministério Público de São Paulo para apresentar como nasceu a idéia da proposta, como foi a sua construção e o envolvimento de todos os agentes, desde a Polícia Civil, Militar, os Conselhos e até a direção do CDP de Mogi das Cruzes, localizado no Taboão. 
 
Metas
Entre as metas apresentadas pelo Plano Municipal de Segurança Integrada, estão: reduzir o porte ilegal de arma de fogo; a violência na família; nas escolas; entre os jovens; o comércio e o consumo ilegal de álcool e drogas; as mortes no trânsito; intensificar a fiscalização integrada das leis municipais de posturas, como por exemplo o combate a perturbação do sossego público, a ocupação ilegal da via pública, dentre outros; manter um planejamento integrado para diminuição geral da criminalidade no município; reduzir os índices de reincidência criminal no município e implantar a Central de Penas Alternativas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias