Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 18 de agosto de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/08/2018
PMMC AGOSTO - ASFALTO MELHOR
MRV AGOSTO - SÁLVIA
PMMC AGOSTO - VACINAS
PMMC AGOSTO - ANTIRRÁBICA

Lance Livre 11-08-2018

Por Edgar Leite10 AGO 2018 - 23h59
4º e não em 1º
O Tribunal de Justiça (TJ) do Estado esclareceu ontem que Suzano ficou na 4ª - e não na 1ª- colocação em número de leis inconstitucionais durante o ano de 2017 .
 
Coluna
Na edição de quarta-feira, o Lance Livre se baseou na Coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, para apontar a liderança de Suzano em leis inconstitucionais.
 
Adins
De acordo com o TJ, conforme se verifica a pesquisa extraída do sistema, referente as ações diretas de inconstitucionalidade (adins) distribuídas no período compreendido de 01/01/2017 a 19/12/2017, Suzano figurou em 4º lugar, juntamente com o município de Socorro, no ranking das prefeituras que tiveram mais leis declaradas “sem validade”. 
 
Ribeirão Preto
Em 1º lugar figurou o município de Ribeirão Preto, em 2º lugar o município de São José do Rio Preto e em 3º lugar o município de Catanduva.
 
Relatório
No relatório extraído no período de 01/01/2018 a 31/07/2018 não foram localizadas adins referente ao município de Suzano, apenas em 2017.
 
Segurança  
no Trânsito
O vereador de Suzano Rogério Gomes do Nascimento, o Rogério da Van, se reuniu com o novo secretário municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, Claudinei Valdemar Galo, para tratar de questões voltadas à Segurança no Trânsito. 
 
Pedidos
Entre os principais pedidos estavam a colocação de lombada e faixa de pedestres na Estrada dos Fernandes, a reforma de pontos de ônibus e implantação de um na Rua Getúlio Moreira de Souza, no Jardim Casa Branca, e a pintura de faixa de pedestre no Jardim Santa Inês. 
 
Rolgaciano
O presidente do Podemos de Itaquá, vereador Rolgaciano Fernandes Almeida, candidato a deputado estadual, lamentou que a primeira-dama do município, Joerly Nakashima, tenha desistido de disputar as eleições em busca de uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado. Na terça-feira, o Partido da República (PR) anunciou a retirada da candidatura da primeira-dama de Itaquá por motivos de saúde e a necessidade de realizar exames e uma cirurgia urgente.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias