Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 19 de outubro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/10/2018
PMMC OUTUBRO -  EDUCAÇÃO
Costa Rica
PMMC OUTUBRO - MOGI + ROSA
MRV - CONQUISTE SEU APÊ

Lance Livre 13-01-2018

Por Edgar Leite13 JAN 2018 - 05h00
Consórcios
A adoção de parcerias, por meio de consórcios, pelas cidades como forma de minimizar os gastos, os efeitos da crise financeira e a prestação eficiente do serviço público municipal é defendida por prefeituras.
 
Convale
Esse entendimento foi seguido por 13 municípios mineiros que integram o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional do Vale do Rio Grande (Convale).
 
Parcerias  
Público Privadas
O Convale foi o primeiro do País autorizado a realizar Parcerias Público Privadas (PPPs) em iniciativas voltadas aos resíduos sólidos em outras ações.
 
Ministério do  
Planejamento
O anúncio foi feito pelo Ministério do Planejamento que escolheu o consórcio para participar do projeto piloto das concessões municipais, principalmente na área de resíduos sólidos urbanos. 
 
Sonhos do  
Condemat
Esse, na verdade, é um dos sonhos do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).
 
Estrutura
O projeto do Convale vai oferecer ao consórcio selecionado estrutura de assessoria técnica em engenharia e também apoio econômico financeiro, sócio ambiental e jurídico que devem viabilizar a estruturação dos contratos de PPPs. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Prefeito  
de Planura
O prefeito da cidade de Planura e presidente do Convale, Paulo Barbosa, destacou a importância de buscar alternativas desse tipo como forma de economizar e amenizar os efeitos decorrentes do atual cenário econômico dos municípios. “Eu diria que hoje o consórcio é o braço direito da gestão pública municipal”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias