Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 30 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/09/2020
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo
SOUZA ARAUJO

Lance Livre 23/09/2015

23 SET 2015 - 08h00

Crise financeira

Os prefeitos eleitos e reeleitos, e que vão assumir em 2017, terão ter de se preparar para a grave crise financeira dos municípios.



Situação do País

A situação do País reflete diretamente nas prefeituras que buscam alternativas para tentar minimizar a crise.

8 em cada dez

Só para se ter uma ideia, 8 em cada dez municípios brasileiros estão em situação fiscal difícil ou crítica, mostra levantamento feito pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Índice Firjan

O Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), que leva em conta itens como investimentos e a capacidade de geração própria de receita, do ano de 2013, teve o pior resultado desde o início da série histórica, em 2006.

Queda de 10,5%

A queda em relação a 2012 foi de 10,5%, a maior desde 2009, quando as contas públicas foram abaladas pela crise internacional de 2008.

Contas das

prefeituras

O grande vilão da gestão das contas das prefeituras são os gastos com pessoal. De acordo com a pesquisa, 15,2% descumprem a Lei de Responsabilidade Fiscal, e gastam mais do que 60% das receitas com a folha de pagamento do funcionalismo municipal.

Grupo sustentável

O governo do Estado de São Paulo assina documento para a criação de um grupo que vai trabalhar as bases de implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) elaborados a partir das diretrizes da Rio+20.

Objetivos

Os ODSs substituem os Objetivos do Milênio (ODMs), que no Brasil ficaram conhecidos como 8 Jeitos de Mudar o Mundo, criados pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2000.

Definição

A definição dos ODSs foi concluída em agosto deste ano e, neste mês, a Conferência das Nações Unidas, em Nova York, deve aprovar a adoção desta agenda.

Documento

Assinaram o documento, em evento no Palácio dos Bandeirantes, o secretário chefe da Casa Civil Edson Aparecido, os secretários do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Social, Patrícia Iglecias e Felipe Sigollo (adjunto), o embaixador da ONU no Brasil, Jorge Chediek, e a representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Maristela Baioni.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias