Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 16 de agosto de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/08/2022
SESC AGOSTO 2022

Lance Livre 29-07-2022

Por Edgar Leite29 JUL 2022 - 05h00

Defesa Civil se reúne com prefeitos
O secretário-Chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual da Defesa Civil, coronel PM Henguel Ricardo Pereira, vai se reunir com prefeitos e técnicos da região do Alto Tietê, nesta sexta-feira (29/07), a partir das 9 horas.
 
Temas
Serão tratados temas ligados à prevenção e gestão de risco de desastres, aproximando a Defesa Civil Estadual às necessidades dos municípios da região.
 
3 milhões de toneladas de celulose
A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, comercializou 3 milhões de toneladas de celulose e diferentes tipos de papéis ao longo do segundo trimestre de 2022. 
 
5%
O volume representa um acréscimo de 5% em relação ao mesmo período do ano passado. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a Suzano comercializou entre abril e junho um total 2,7 milhões de toneladas de celulose, matéria-prima utilizada na fabricação de papéis sanitários, embalagens, fraldas, máscaras e papéis de imprimir e escrever em geral, entre outros produtos essenciais para o dia a dia das pessoas. 
 
Segmento de papéis
No segmento de papéis, com destaque para os produtos de imprimir e escrever, papelcartão e outros tipos de papéis especiais, as vendas somaram 324 mil toneladas.
 
Queimadas
Os focos de incêndios detectados de 1º janeiro a 20 julho no Cerrado e na Amazônia já são maiores do que os detectados no mesmo período do ano passado, segundo a medição do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. De 1º até o dia 20 de julho, a plataforma havia revelado 4.252 e 2.023 focos de queimadas em ambos os biomas, respectivamente.
 
Focos
Desde o começo do ano, os números tornam-se cada vez mais alarmantes: foram 15.121 focos de incêndios no Cerrado e 9.556 na Amazônia. No acumulado do ano, o número de queimadas no Cerrado é quase três vezes maior que na Mata Atlântica, onde foram detectados 3.303 focos. Já em relação à Amazônia o número equivale ao dobro.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias