Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 27 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/11/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC MULTI 2020 NOV

Lance Livre 29-10-2020

Por Edgar Leite29 OUT 2020 - 05h00
Junji Abe e Anzai
O ex-prefeito e ex-deputado federal Junji Abe (MDB) esteve ontem, em Suzano. Se reuniu com o ex-vereador Claudio Anzai (PSDB) em uma padaria situada na cidade.
 
Parcerias
Assunto: política. Será que pode surgir por aí parcerias futuras?
 
Ciro Gomes  
na região
A possibilidade de uma visita do ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) em Mogi das Cruzes e Suzano foi frustrada com o anúncio de que o político foi diagnosticado positivamente para o novo coronavírus. 
 
Agendas
Com isso, as agendas que seriam marcadas para Suzano e Mogi não serão realizadas. Nesta semana, o candidato a prefeito de Mogi pelo PDT, Fred Costa, confirmou que existia a possibilidade de Ciro estar nas duas cidades. Mas com a constatação da Covid-19 essa possibilidade foi cancelada.
 
Pagamento a  
fornecedores
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) identificou cerca de R$ 25 milhões pagos a fornecedores ou doados a candidatos às eleições municipais deste ano com alguns indícios de irregularidade. 
 
7 mil indicativos
São quase sete mil indicativos de problemas, tanto no pagamento a prestadores de serviços quanto no recebimento de doações.
 
Núcleo de  
Inteligência
O levantamento faz parte de uma parceria do Núcleo de Inteligência da Justiça Eleitoral, que envolve, além do TSE, outros seis órgãos federais – Receita Federal, Coaf, Ministério Público Eleitoral, Defensoria Pública Federal, Tribunal de Contas da União e Ministério da Cidadania.
 
Primeira rodada
Essa foi a primeira rodada de identificação de indícios de irregularidades encontrados pela Secretaria de Tecnologia da Informação do TSE e que demonstra a atuação da Justiça Eleitoral na fiscalização do financiamento durante o curso da campanha. O levantamento foi feito logo após a entrega das prestações de contas parciais, que terminou no último domingo (25), e vai permitir que a Justiça Eleitoral utilize os indícios de irregularidades como informação de inteligência para o exame e julgamento das prestações de contas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias