Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 21 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Em Recife, Dilma reitera que não há fundamento para impeachment

05 DEZ 2015 - 19h37

 Em viagem ao Recife, ontem onde se reuniu com autoridades para discutir ações de combate ao Aedes aegypti, a presidente Dilma Rousseff (PT) voltou a dizer que não cometeu nenhum ato ilícito, que não usou dinheiro público para contemplar seus interesses e, por essa razão, não há fundamento e nem base para o impeachment. "Estamos tranquilos porque não existe fundamento para o processo de impeachment", disse a presidente, em rápida entrevista coletiva concedida à imprensa.

Ao dizer que não cometeu nenhum ato ilícito que justifique um processo de impeachment, Dilma voltou a atacar o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dizendo que nunca depositou dinheiro na Suíça, numa referência às contas bancárias secretas do deputado, da mulher e da filha dele no país europeu, segundo apurou investigações da Procuradoria Geral da República

Além dos ataques a Cunha, Dilma argumentou que o Tribunal de Contas da União (TCU) não tem poder para julgar suas contas e nem de ninguém. "Inventaram um processo chamado pedalada", frisou.

E voltou a falar sobre o impeachment:

"Ele tem outros fundamentos que eu lamento porque eles colocam em questão a maturidade da democracia."

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias