Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ

‘Lula está sendo objeto de grande injustiça’, diz presidente Dilma

14 FEV 2016 - 07h00

A presidente Dilma Rousseff (PT) declarou, ontem, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo objeto de "grande injustiça". Ela defendeu seu antecessor durante o mutirão de combate a focos do mosquito Aedes aegypti, vetor da zika, dengue e chikungunya, que participou na zona oeste do Rio de Janeiro. Esta é a primeira vez que a presidente vem a público se manifestar a respeito das investigações contra Lula.

"Acho que o presidente Lula está sendo objeto de grande injustiça. Respeito muito a história do presidente Lula. Tenho certeza de que esse é um processo que será superado, porque acredito que o país, a América Latina e o mundo precisam de uma liderança com as características do presidente Lula", afirmou Dilma.

Dilma e Lula acertaram um roteiro para afastar a crise do Palácio do Planalto, durante encontro realizado em um hotel em São Paulo, na última sexta-feira. O ex-presidente é alvo da Operação Zelotes, que investiga um esquema suspeito de "compra" de medidas provisórias em seu governo.

Já o Ministério Público de São Paulo apura a suspeita de ocultação de patrimônio relacionada à compra de um tríplex no Edifício Solaris, no Guarujá. E a Operação Lava Jato vasculha benfeitorias executadas por empresas envolvidas no escândalo da Petrobrás em um sítio frequentado por Lula e sua família, em Atibaia, no interior paulista. Ele afirma que usa o sítio para descansar, mas garante não ser dono da propriedade.

OLIMPíADAS

Durante a ação de combate ao Aedes aegypti, a presidente Dilma afirmou ainda que o grande número de casos de zika no país não compromete a realização dos Jogos Olímpicos, marcados para agosto deste ano.

“Nós conseguiremos, até a Olimpíada, ter um sucesso bastante considerável nesse extermínio dos mosquitos. Agora, precisamos de vocês (população). Essa é uma obrigação do prefeito, do governador e minha. Agora, nós também apelamos para a consciência de cada um para que nos ajudem nessa função”, disse.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias