Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 16 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/09/2019
PMMC CIAS
Centerplex 12/09 a 18/08
Saúde

Vacinação contra sarampo será intensificada em creches de SP

Unidades Básicas de Saúde continuam ofertando a imunização

Por Camila Maciel - da Agência Brasil03 SET 2019 - 14h14
Vacinação contra sarampo será intensificada em creches de SPFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A campanha de vacinação contra o sarampo em São Paulo terminou no último sábado (31), mas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) continuam a ofertar a dose da tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola. A cobertura vacinal de crianças de 6 a 11 meses ficou em 66,21% após a campanha e, entre os paulistanos de 15 a 29 anos, alcançou 42,5%. A meta é chegar a 95%. Para isso, a Secretaria Municipal de Saúde vai intensificar a vacinação em creches.

Na tarde de hoje (2), uma pequena fila se formou na sala de imunização da UBS Parque da Lapa, na zona oeste paulistana. Não demorou 15 minutos, incluindo o cadastro, para que Cláudio Nori, 38 anos, recebesse a dose. “Vim pelos comentários e reportagens do surto que a gente vê na tevê. A gente fica preocupado”, relatou. No estado de São Paulo, foram confirmados 2.457 casos de sarampo; destes, 66,6% se concentram na capital, com 1.637 casos.

Marcos Elias Simantob, 50 anos, já tinha providenciado a imunização dos filhos de 4 e 8 anos, e foi hoje à UBS para também se proteger. “São muitos casos no estado de São Paulo e agora, com mortes comprovadas, acende um alerta”. Na sexta-feira (30), mais duas mortes causadas por sarampo foram confirmadas no estado. As vítimas foram dois bebês: uma menina de 4 meses, residente de Barueri (SP), e um garoto de 9 meses, residente da capital paulista. O primeiro óbito, um homem de 42 anos na capital paulista, foi confirmado na terça-feira (28).

A coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Adriana Peres, reforça a necessidade de vacinação de bebês de 6 a 11 meses. “Esta dose não é válida para a rotina [de imunização], então a criança vai ter que tomar aos 12 meses e aos 15 meses de novo. É importante que os responsáveis levem as crianças para se vacinar porque essa faixa etária está sendo muito acometida pelo sarampo e as crianças não tem nenhum tipo de proteção nessa idade”, explicou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias