Cidades

Trabalhadores encontrados em regime de escravidão voltam hoje para casa

19/09/2015 08:01


Os 12 trabalhadores encontrados, na quinta-feira, em regime de escravidão vão voltar hoje para a casa, no Piauí e Maranhão. A informação foi confirmada ontem pelo auditor fiscal do Ministério do Trabalho, José Luiz Lázaro. Eles saíram do alojamento, onde estavam na Rua Brasfanta, no Jardim Santa Inês, e estavam em um hotel na Rua Felício de Camargo. "Por parte do proprietário da empresa houve a rescisão do contratoe a falta de pagamento dos salários, no valor de aproximadamente R$ 30 mil, será quitada", explicou o diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Mogi das cruzes, Suzano e Região (Sintramog) , Anderson da Silva de Almeida. Segundo ele, em conjunto com o Ministério de Trabalho, o sindicato procura as melhores condições para os operários. Por isso, considera esta ação bem sucedida. As passagens aéreas de volta também serão pagas pela empresa e o valor que os trabalhadores gastaram diariamente para ir até o local da obra também será quitado. Apesar de o alojamento ser em Suzano, os operários realizavam obra na Capital paulista. Conforme publicado ontem pelo DS, a empresa buscou os trabalhadores na região Nordeste. O alojamento onde estavam era cheio de buracos de rato, tinha muita sujeira, e os trabalhadores dormiam no chão. As comidas que a empresa mandava a eles, era de péssima qualidade, e tinha até ovo frito com casca.