Caderno D

Filme ‘Operações Especiais’ estreia amanhã em Suzano

15/10/2015 01:38


Dirigido pelo diretor Tomás Portella, o longa “Operações Especiais” conta com a atriz Cleo Pires e com os atores Fabrício Oliveira e Marcos Caruso. É um filme com gêneros de ação, drama e crime. O diretor teve a ideia para o argumento do filme após assistir ao documentário "Notícias de uma Guerra Particular" (1999). Sinopse Formada em turismo e trabalhando como atendente em um hotel, Francis (Cléo Pires) se anima com a possibilidade de entrar para a polícia civil. Ela presta o concurso e, após ser aprovada, passa a frequentar o curso de habilitação para policial. Trata-se do mesmo período em que ocorreu a invasão no Complexo do Alemão, com traficantes de vários morros cariocas fugindo para cidades periféricas. É o que acontece em São Judas do Livramento, cidade no interior do Estado do Rio de Janeiro, que passa a lidar com uma onda de crimes sem precedentes. Para combatê-los, Francis é enviada à unidade liderada pelo delegado Paulo Froes (Marcos Caruso), que conta com a presença da ainda iniciante. No batalhão ela precisa lidar com a desconfiança dos demais policiais, especialmente Roni (Thiago Martins), e também com as dificuldades da profissão, dos perigos do ofício até a corrupção existente ao seu redor. O elenco conta também com a presença de Antonio Tabet como Toscano e Fabiula Nascimento como Rosa. Algumas curiosidades referente ao longa, é que inicialmente o filme seria intitulado de "Boletim de Ocorrência". O roteirista e diretor do filme volta a trabalhar com a atriz Cleo Pires depois de "Qualquer Gato Vira-Lata". (2011). Além disso, no elenco também está Fábio Lago, o Baiano de Tropa de Elite (2010). A atriz Cleo Pires precisou aprender a manusear armas de fogo para o filme ficar mais realista e as filmagens foram realizadas no Rio de Janeiro e Tocantins.