Esportes

Com dúvida no meio-campo, Santos enfrenta o Audax no Pacaembu

21/03/2015 08:01


O Santos fechou o treino técnico de ontem no CT Rei Pelé e Marcelo Fernandes não anunciou a escalação do time para tentar interromper a reação do perigoso Audax, hoje, às 16 horas, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. A preocupação do treinador foi reestruturar o meio de campo que, depois de perder o volante de contenção titular Alison (operou o joelho direito), também ficou sem o reserva imediato, Valencia, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Antes de escolher o substituto - entre Lucas Lima, Leandrinho, Elano e Marquinhos Gabriel -, Marcelo Fernandes assistiu aos vídeos das quatro vitórias seguidas do adversário para descobrir qual deles pode ser mais eficiente contra o esquema da equipe de Osasco. "O Audax é um time perigoso e bem treinado pelo Fernando Diniz. Vamos procurar fazer o melhor para fugir do toque de bola deles", disse o técnico, que garantiu que não vai poupar os titulares mais desgastados porque embora o time já tenha vaga assegurada nas quartas de final, precisa continuar vencendo para terminar a primeira fase do Paulistão em primeiro lugar na classificação geral, o que daria ao Peixe o direito de jogar na Vila Belmiro até o segundo jogo da decisão do título. Além disso, o Santos defende uma invencibilidade de 13 jogos. A sua última derrota foi no clássico contra o São Paulo, no dia 23 de novembro do ano passado, na Arena Pantanal, em Cuiabá, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro. muricy A 8ª Vara Cível do Foro de Santos comunicou oficialmente ao Peixe o ganho de causa ao técnico Muricy Ramalho, referente a uma dívida de, aproximadamente, R$ 1,3 milhão de sua multa contratual. O treinador dirigiu a equipe santista por 25 meses entre 2011 a 2013. A pendência financeira pressiona o Santos em, até três dias, a pagar a Muricy o montante da dívida. Segundo o portal UOL, o clube, por sua vez, com escassos recursos financeiros, já decidiu que colocará o CT Meninos da Vila como objeto de penhora do processo.