Editorial

Nova licitação

23/10/2015 07:00


A Prefeitura de Suzano tem a partir de agora outra missão importante: a reabertura de uma nova licitação para as obras do Hospital Regional. O DS trouxe, na edição de ontem, informação de que o consórcio HF-CDG Suzano, ganhador da primeira licitação, desistiu de realizar as obras. Com a desistência, a Prefeitura abrirá uma nova licitação, ainda sem previsão de data. O valor inicial da primeira fase da obra, estimado em R$ 25 milhões, está defasado e uma nova planilha de preços deverá ser feita. A administração estima que o valor da obra passe a ser de cerca de R$ 30 milhões. A expectativa em torno de um hospital regional é grande. Suzano viveu, a partir de 2010, dois grandes problemas na área de saúde com o fechamento de dois hospitais particulares. Houve tentativa de abrir uma segunda unidade da Santa Casa, que funcionou por alguns anos até seu fechamento neste ano. A Samed assumiu um dos prédios desativados. O consórcio era formado por duas empresas: Heleno & Fonseca Construtécnica S/A e CDG Construtora Eireli. A previsão inicial era de que as obras começassem neste semestre. O motivo para a desistência das empresas em construir o Hospital Regional não foi informado pela pasta. As dificuldades na área da saúde não se restringe apenas a algumas cidades. O País inteiro enfrenta esse desafio. No ano passado, pela primeira vez, uma auditoria feita nos hospitais públicos mostrou o tamanho dos problemas enfrentados por milhares de brasileiros. Mais de 60% das unidades hospitalares estão sempre superlotadas. Faltam leitos e equipamentos, médicos. O Ministério da Saúde reconhece que há problemas e que tem investido em construir mais hospitais e levar mais médicos para as cidades. O relatório traz um retrato bem conhecido pelos pacientes da rede pública. Para Suzano, o Hospital Regional terá mais de 200 leitos, 20 mil metros quadrados, Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) infantil e adulta, Centro de Diagnóstico, entre outros equipamentos. O terreno em que o hospital será construído é na Rua Sete de Setembro, no Jardim Monte Cristo. Pelo tamanho da unidade é possível observar a importância que este hospital terá para a cidade. Suzano tem se esforçado na tentativa de colocar em prática este projeto para o bem do paciente que precisa de leitos hospitalares.