Destaque

Durante fuga da PM, carro bate em casa e 2 morrem em Ferraz

29/11/2015 07:01


Dois homens morreram, na madrugada de ontem, após bater o carro em uma casa e trocar tiros com a Polícia Militar (PM). O caso aconteceu por volta das 2 horas, na Rua Itaquaquecetuba, Jardim Dayse, em Ferraz de Vasconcelos. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Central do município. A primeira vítima morreu carbonizada no local. A segunda foi baleada durante a troca de tiros com a PM. Uma terceira pessoa, um rapaz de 19 anos, também estava no veículo, um Onix vermelho, e também foi baleada, mas foi encaminhada em seguida ao Hospital Regional Osíris Florindo Coelho, em Ferraz de Vasconcelos, onde permanece internada. Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, os três suspeitos haviam roubado o veículo e estavam em fuga, quando se aproximaram da altura do número 446. Na curva, o motorista perdeu o controle do automóvel, bateu no muro de uma residência e cair dentro da cozinha do imóvel. Em seguida, o carro pegou fogo. Com a batida houve uma explosão. O motorista morreu na hora. Os outros dois suspeitos tentaram fugir e trocaram tiros com a PM. Um deles também morreu no local, após ser alvejado. Os três ainda não foram identificados, sendo que os dois corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Suzano. ACIDENTE Na hora do acidente cinco pessoas dormiam na casa. De acordo com um dos moradores, que preferiu não se identificar, a família acordou assustada com o barulho e sem saber o que estava acontecendo só pensaram em sair correndo. Nenhum dos moradores ficaram feridos. O carro caiu em cima da cozinha. A área está localizada entre a lateral e parte frontal da casa. O portão também está na mesma direção e a testemunha conta que para sair do imóvel a família precisou passar perto do fogo. CORPO DE BOMBEIROS Ainda segundo o morador, a PM chegou ao local em seguida e momentos depois teve início a troca de tiros. A testemunha explica que o Corpo de Bombeiros também foi acionado e chegou minutos depois. Com isso, foi feito o resgate dos corpos carbonizado e baleado, respectivamente. Já os familiares (pai, mãe, dois filhos e um primo) ficaram sobressaltados e tiveram de iniciar o final de semana na delegacia. Um deles comentou que a própria família terá que arcar com os prejuízos, mas pelo menos não se feriram. A família perdeu entre outras coisas, fogão, geladeira e eletrodomésticos.