Região

De fotógrafo a dono da própria hamburgueria

05/12/2015 07:01


Há quatro anos, cozinhar era um hobby para o então editor de fotografia do Diário de Suzano, Piero Leite. A ideia inicial era se divertir, mas a paixão pela Gastronomia, em especial por hambúrgueres, cresceu e ele tomou a decisão de trocar a carreira na Comunicação pela cozinha. Foi nessa época, começo de 2014, que a semente de ter um negócio próprio foi plantada. A semente germinou em julho de 2015, quando foi inaugurada a hamburgueria artesanal Burger Shop 1269, na Rua Professor Flaviano de Melo, 1.269, Centro de Mogi das Cruzes TRANSIÇÃO Para que a mudança de profissão acontecesse, Leite se dedicou a cursos na área, mas foi o trabalho na hamburgueria artesanal Na Garagem, em São Paulo, que trouxe a experiência necessária para a abertura da empresa. Os próximos passos incluíam pesquisar a concorrência na cidade e também inspirações no Brasil e no exterior, os gostos dos moradores do Alto Tietê, além de analisar a economia e procurar um bom ponto. A empresa é comandada por Leite ao lado da esposa, a jornalista Carolina Brusarosco, que também trabalhou no DS, e dos sócios Bruno Nunes e Mariana Dutra, profissionais de Marketing. Enquanto o cardápio e a cozinha ficam sob a tutela dele, as redes sociais são monitoradas pela jornalista. Os sócios cuidam das ações de marketing. BURGER SHOP Com o lema "Sem frescura e com muito sabor", o Burger funciona de forma simples. A decoração é rústica e artesanal. Logo na entrada há uma grande lousa com o cardápio, feito com giz e um painel explicando o funcionamento da casa. Há ainda um balcão de autoatendimento com água cortesia, gelo, canudo, entre outros itens. O atendimento é sempre informal e cordial. "Conhecemos muitas hamburguerias e optamos por trazer para Mogi esse sistema simples e direto, que é muito comum em Nova Iorque e também em São Paulo. A pessoa chega, escolhe seu lanche e já pede no caixa, conferindo o pedido e evitando muitos erros. Passada essa parte 'burocrática', o cliente fica à vontade curtindo nossa música, no celular. Além de que ele pega o quanto quiser de gelo e usufrui da nossa água cortesia. É tudo simples", explica Leite. A casa tem cinco lanches, sendo quatro hambúrgueres e um queijo quente, com preços que variam de R$ 16 (Classic Cheese Burger) a R$ 29 (Double Burger). Todos eles artesanais, sendo que a carne é moída e modelada diariamente na casa. Também são feitas na casa a maionese, o picles, o barbecue e a cebola confitada. Os clientes podem escolher o ponto de cozimento da carne (bem passado, ao ponto e mal passado) e ainda personalizar o lanche adicionando cheddar inglês, bacon e até mais um burger. De entrada, há uma porção individual de batata rústica com alecrim. Para beber, há cervejas comuns e artesanais, sucos Do Bem e refrigerante.