Cidades

Patrulha Maria da Penha realiza 265 atendimentos e 15 prisões em flagrante

13/12/2015 07:01


A Patrulha Maria da Penha realizou um total de 9.422 visitas (residências, trabalhos, escolas, ou qualquer outro lugar que seja frequentado pela vítima). Desde outubro de 2014, foram atendidas 265 vítimas de violência doméstica. No mesmo período, houve 15 prisões em flagrante por descumprimento de medida protetiva. Os dados foram divulgados pela Prefeitura. No último dia 4, a ação completou um ano e dois meses. "A Prefeitura de Suzano está preparada para combater a violência doméstica, inclusive sendo referência para outros municípios da região nesse quesito. A Patrulha Maria da Penha é crucial para que as mulheres vítimas de violência tenham proteção e acompanhamento, sendo um grande avanço para o município. Estou satisfeito com os trabalhos realizados até o momento", declarou o secretário municipal de Defesa Civil e Social, Clóvis Paoletti. Os trabalhos da patrulha são coordenados pela Guarda Civil Municipal (GCM) 1ª Classe, Rosemary Ferreira Caxito. Segundo a administração municipal, neste ano houve aquisição de mais dez viaturas e novos equipamentos para a GCM e, por isso, a patrulha acabou beneficiada, uma vez que também os utiliza. Desde o início de dezembro, o programa de proteção à mulher conta com um veículo exclusivo, para prestar atendimentos. CAPACITADA O sistema de radiofrequência utilizado pela equipe e pela GCM foi modernizado por meio da instalação de uma nova antena no topo do Edifício Columbia. As equipes ainda passaram a usar novos radiocomunicadores em viaturas e na base da GCM, possibilitando a comunicação em longa distância entre as unidades, incluindo a Patrulha Maria da Penha. "Todos os agentes da GCM são capacitados a atender as demandas relacionadas à violência doméstica".