Esportes

Palmeiras pode emprestar jogadores para contratar o meia Jean do Fluminense

16/12/2015 07:00


O Palmeiras parece próximo de acertar a contratação do volante Jean, do Fluminense. Para isso ocorrer, a equipe paulista deverá emprestar ao clube carioca alguns jogadores que não devem ser aproveitados pelo técnico Marcelo Oliveira na próxima temporada, além de dar uma compensação financeira. A diretoria do Fluminense já manifestou interesse em liberar o jogador por causa de seu alto salário. O jogador recebe em torno de R$ 400 mil e tem uma multa de US$ 2 milhões (aproximadamente R$ 7,7 milhões). A ideia do Palmeiras é pagar um valor menor e emprestar alguns jogadores. Dois atletas já aparecem na mira do clube carioca: o volante Amaral e o atacante Alecsandro. Com a contratação de Jean, o Palmeiras ficaria com um grande número de volantes. Além dele, o time teria Gabriel, Arouca, Thiago Santos, Matheus Sales e Rodrigo, além do garoto Daniel, que foi integrado ao elenco principal na reta final da temporada Por isso, a intenção é acertar um empréstimo de Amaral. Quanto a Alecsandro, o atacante já manifestou que gostaria de permanecer no clube, mas o Palmeiras espera utilizá-lo como moeda de troca em alguma negociação. Além do Fluminense, o Botafogo e o Coritiba são outros clubes que monitoram a situação do jogador. Jean conversa com o Palmeiras desde outubro, mas as negociações foram paralisadas na reta final do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Com o fim da temporada, o assunto foi bem encaminhado pelas partes e a tendência é que ele acerte com o clube paulista nos próximos dias. Com 29 anos, Jean foi revelado pelo São Paulo e já teve passagens por América-SP, Marília e Penafiel, de Portugal. Além de atuar como volante, ele também pode ser utilizado como lateral-direito. Até o momento, o Palmeiras acertou a chegada de três jogadores: o goleiro Vagner, o zagueiro Roger Carvalho e o volante Rodrigo, que ainda não foi oficializado pelo clube. ALLIONE Incomodado por ser pouco aproveitado, o meia Allione quer deixar o Palmeiras. O argentino está nos planos do Rosario Central e seu empresário, Tomas Budelli, pretende se reunir com a diretoria palmeirense ainda nessa semana para definir o futuro do jogador, que já deixou claro sua intenção de retornar ao país natal. "Tenho três anos de contrato com o Palmeiras, mas tudo é conversável. Tomara que dê certo com o Central", disse o meia, em entrevista à rádio La Capital, da Argentina. O interesse do Rosario Central em Allione existe desde o meio do ano, quando o clube argentino tentou levá-lo por empréstimo, mas as conversas não foram adiante. A ideia do Rosario Central é levar Allione como um dos principais reforços para a disputa da Copa Libertadores. O Palmeiras não quer liberar o meia, mas admite que pode repensar a ideia caso o jogador confirme sua intenção em deixar o clube. Allione chegou ao Palmeiras em 2014 por indicação do técnico argentino Ricardo Gareca e foi contratado do Vélez Sarsfield por R$ 6 milhões. Ele tem contrato até junho de 2019 e fez apenas 28 jogos na temporada, já que passou a maior parte do ano em recuperação de uma cirurgia no joelho.