Editorial

A luta contra a dengue

27/03/2015 08:00


O DS atualiza hoje o número dos caso de dengue no Alto Tietê. No Estado de São Paulo, praticamente, não existem municípios que não tenham o mosquito. Há duas semanas, o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), divulgado Ministério da Saúde, revelou dados sobre os ricos de epidemia de dengue em municípios brasileiros. Segundo o estudo, 340 cidades estão em situação de risco para a ocorrência de epidemias e 877 estão em alerta. Além disso, outros 627 locais apresentam índice satisfatório. No total, 1.844 municípios brasileiros participaram do levantamento, entre janeiro e fevereiro deste ano, um aumento de 26,38% em relação aos participantes de 2014. No ano passado, 1.459 municípios fizeram a pesquisa no mesmo período. O LIRAa é considerado um instrumento fundamental para orientar as ações de controle da dengue e chikungunya. O levantamento identifica os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor das doenças e os tipos de recipientes com água parada, que servem de criadouros mais comuns. O aumento de municípios participantes mostra que o estudo está se consolidando como ferramenta importante de combate à dengue, que deve ser feito com o fortalecimento da prevenção, medida que conta com o envolvimento da população e das prefeituras. Quinze minutos são suficientes para que as famílias façam uma vistoria em casa e elimine qualquer situação que possa acumular água parada, servindo de criadouro do mosquito. São medidas simples, como tampar caixas-d’água, retirar pratos de vasos de plantas, limpar calhas, lavar vasilha de água de animais, entre outros recipientes de estocagem de água. Hoje, mais uma vez, a Prefeitura de Suzano vai divulgar uma série de ações de combate à dengue. As medidas visam conscientizar a população e, ao mesmo tempo, reforçar o trabalho de prevenção. O objetivo maior é conter os casos da doença. Em todo o Estado, a mobilização tem sido grande. É o momento para a união de forças, entre autoridades de saúde e a população.