Caderno D

Suzano recebe espetáculo com números cômicos e de mágica

29/12/2015 07:00


Suzano encerra a agenda cultural hoje ao receber o espetáculo "Tomaraquidê". A atividade acontecerá das 17 às 18h30, com entrada gratuita para todas as idades, na praça ao redor do Centro Cultural Colorado Monteiro Lobato. O próprio veículo do grupo torna-se palco para o espetáculo de variedades, inspirado nos antigos cabarés, com números cômicos e de mágica, música ao vivo, contação de história e convida a plateia a participar e também a apresentar seus próprios números. "Tomaraquidê" passa por cidades que estão às margens de ferrovias. Para Claudio Thebas, um dos idealizadores, o movimento da população diante do show é o ponto principal da apresentação. "Mais importante do que o espetáculo em si é a mobilização das pessoas, a ação coletiva, a recriação do espaço público", diz ele. O espetáculo Por meio de mágicas, números cômicos e música ao vivo, Marabá, Bristol e Majestic, três charlatões de rua apresentam seu espetáculo de variedades. Durante a apresentação, artistas da cidade são convidados a mostrar seus talentos. O roteiro deste espetáculo prevê a participação de artistas e moradores das comunidades visitadas, promovendo um grande sarau. O intuito é valorizar e dar visibilidade aos pequenos movimentos culturais e artísticos que sobrevivem em nossa sociedade como um todo. Patrocinado pela MRS Logística, o espetáculo Tomaraquidê tem a direção de Rhena de Faria e traz no elenco Álvaro Lages, Chris Belluomini e Claudio Thebas. O objetivo do projeto é que as comunidades participem da apresentação valorizando e dando visibilidade à cultura local. Esta é a segunda edição do projeto, que já passou por 19 cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A expectativa é de que seis mil pessoas participem direta ou indiretamente do projeto nesta temporada. O Centro Cultural Colorado Monteiro Lobato fica na Rua Domingos Victorino, 68, Jardim Colorado. Biografia Três charlatões de rua chegam de trem (ônibus adereçado) anunciando seu espetáculo. Trata-se de um show de variedades, mágicas, números cômicos, etc. No decorrer da apresentação algumas pessoas da platéia são convidadas a se apresentar: Um violeiro, um coral de crianças, uma senhora que canta, alguém que queira recitar um poema ou contar um caso... Sem perceber a platéia passa a ser protagonista do espetáculo.