Cidades

Diretoria aponta aumento de alunos das escolas particulares na rede estadual

08/01/2016 07:00


A dois dias do final do período de transferência escolar, a Diretoria Regional de Ensino de Suzano aponta aumento de alunos das escolas particulares na rede estadual. Segundo a dirigente, Vera Lúcia Miranda, a busca por vagas dos estudantes que estavam matriculados nas escolas privadas subiu significativamente, fator que pode ter sido impulsionado pela crise financeira. Dados mais precisos sobre o número de alunos ingressantes nas unidades públicas poderão ser divulgados, de acordo com a Diretoria, após o término das transferências. Vera explica que os pais e alunos poderão solicitar o processo de transferência até segunda-feira. "Hoje fazemos análise dos pedidos e verificamos a disponibilidade. Damos prioridade àqueles que estão sem vaga, ou seja, vem de outra cidade ou escola particular", detalha. "Neste ano percebemos aumento de alunos vindos das escolas particulares, sendo que a maior parte procura escolas da área central. Mas para não haver sobrecarga fazemos a distribuição correta, isto é, enviamos o estudante para uma unidade perto da residência dele", destaca. Outro fator que deve ajudar a aumentar o número de estudantes na rede estadual é a entrega de empreendimentos imobiliários na cidade. No entanto, a dirigente frisa que o setor está preparado para receber os alunos. Atualmente, Suzano possui 45 escolas do Estado e 53.180 alunos matriculados. Para realizar o pedido de transferência, a orientação da Secretaria de Estado da Educação é apresentar o documento de identidade ou certidão de nascimento e comprovante de residência. As informações referentes à efetivação da mudança estarão disponíveis no Portal da Educação a partir de 22 de janeiro. Os alunos que já haviam feito o pedido de transferência para outras unidades de ensino deverão refazer a solicitação devido à suspensão da reorganização escolar. Para os professores da rede, o período de atribuição de aulas está marcado para 1º de fevereiro. O procedimento poderá ser feito até o dia cinco do mesmo mês. Ainda segundo a dirigente, durante o período de férias foram feitas vistorias nas escolas, além de reuniões com os diretores para deixar tudo preparado para o regresso das aulas. Em 2016, o ano letivo se inicia em 15 de fevereiro, após o Carnaval. Todos os estudantes têm a matrícula garantida para 2016. Caso não realizem o pedido de transferência, continuarão a estudar na unidade de ensino atual. Além disso, é importante que pais e responsáveis atualizem os dados cadastrais dos alunos no site www.atualizeseusdados.educacao.sp.gov.br, para que as escolas possam contatá-los sempre que necessário.