Cidades

Sabesp encerra contrato de empresa que faz obras de coleta de esgoto

14/01/2016 07:00


A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) encerrou o contrato das obras da 3ª etapa do Projeto Tietê. A empresa Heleno & Fonseca era responsável pela execução da ampliação da estrutura de saneamento para a coleta e encaminhamento dos esgotos para tratamento na Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Suzano. O principal objetivo era a implantação do interceptor de esgotos ITi.16, uma das fases mais importantes do projeto na região. A finalização destas obras já foram adiadas diversas vezes e tinha previsão inicial para conclusão em 2013. “ Neste contexto e considerando a importância deste empreendimento, com avanço atual de 77%, a Sabesp está estudando a melhor forma de dar continuidade das obras em questão. Essas obras fazem parte da 3ª etapa do Projeto Tietê, que é um dos maiores programas de saneamento do Brasil. Seu objetivo é coletar e tratar esgotos, de cerca de 20 milhões de pessoas na Região Metropolitana de São Paulo - RMSP - através da ampliação e otimização do sistema de coleta, transporte e tratamento de esgotos, contribuindo para a diminuição da carga poluidora de efluentes nos corpos d'água da Bacia do Alto Tietê, resultando em melhoria no saneamento ambiental da região”, explicou a companhia em nota. OBRAS Em julho do ano passado, a Sabesp havia adiado o prazo de entrega da obra para este mês, conforme publicou o DS. O investimento para a implantação do coletor-tronco, estações elevatórias de esgoto e o interceptor é de R$ 230 milhões. Na ocasião, a companhia informou que o adiamento do prazo era necessário porque foram encontradas grande quantidade de trechos com rochas. “A incidência é maior do que inicialmente prevista em projeto. Houve a necessidade de ajustes no equipamento Shield – conhecido como tatuzão, usado nas perfurações do solo”, explicou na ocasião. A construção do ITI-16, da Sabesp, ampliará o tratamento de esgoto de um para três m³/s. A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) vai tratar além de 100% do esgoto coletado em Suzano, os resíduos de Poá, Ferraz de Vasconcelos e parte de Itaquaquecetuba e Arujá. A obra vai beneficiar 140 mil habitantes suzanenses, principalmente, a população dos bairros Jaguari, Jardim Europa, Mandi, Vila Maria de Maggi, Cidade Boa Vista e Jardim São José.