Cidades

Inmetro alerta pais sobre vans escolares. Suzano possui 427 veículos cadastrados

04/03/2016 08:01


Suzano possui atualmente 427 veículos cadastrados para o transporte escolar. Destes, 146 são particulares e 281 contratados pelo Estado. No início do mês, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) alertou aos pais dos estudantes sobre a contratação de vans escolares. O motivo é por conta de alguns transportes estarem oferecendo o serviço irregularmente. A Prefeitura informou que o transporte escolar em Suzano é operado de três formas: particular, público municipal e público estadual. A Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana é quem controla e fiscaliza os veículos particulares e ainda os da rede estadual do município. O transporte escolar é regulamentado pelo Decreto Municipal nº 7.274/04, sendo realizadas vistorias semestralmente em todos os veículos. O objetivo é visar e garantir principalmente segurança aos alunos usuários. A hoteleira Fernanda Amaral, falou que ficou com receio da van que leva o filho dela ser irregular. "Como é sempre cheio as vans, consegui uma do nada. Fiquei um pouco com receio no começo, mas depois vimos que era realmente cadastrada e de confiança. Não só eu, mas todos os pais sempre procuram ver o melhor para seu filho e esta medida de observar e constatar se é regular é muito importante". A motorista de uma van particular Márcia Suzuki disse que muitos pais não verificam se o veículo é regular e cadastrado. "É muito difícil eles verificarem, pois como a escola indica, os pais já confiam e não se preocupam. Eu mesmo já observei muitos veículos escolares irregular, principalmente, com data vencida e etc. Sempre tem um ou outro, porque a fiscalização não tem e quando tem deixa a desejar bastante". A mãe e lojista Josimara Pereira da Silva também falou sobre o assunto. "Como conheço o pessoal da escola e eles que indicaram fiquei mais tranquila. Porém não me preocupei em ver se a van era cadastrada e ao menos se era irregular. Esse é um problema, mas acho que todos os pais deveriam prestar mais atenção nestes casos". O departamento de fiscalização informou que realiza constantemente trabalho para coibir qualquer atividade clandestina, tendo como importante ferramenta as denúncias, que podem ser feitas na sede da secretaria pessoalmente.