Esportes

Reservas do Corinthians enfrentam o Linense

19/03/2016 08:00


"O Tite dá treino igual para todos os jogadores e isso faz com que você se sinta importante". A frase é do zagueiro Vilson, do Corinthians. Ele será um dos oito suplentes que iniciam o jogo hoje contra o Linense, às 16 horas, pelo Campeonato Paulista. Para esse grupo, a partida no Itaquerão é a grande chance de mostrar ao treinador que qualquer um deles pode ser titular do time. Tite decidiu escalar reservas porque o tempo de recuperação entre o jogo de quarta-feira, contra o Cerro Porteño, e o de hoje foi curto. Assim, ele preserva seus principais atletas e observa quem, de fato, pode brigar por posição no time titular. Vilson e outros jogadores, como o também zagueiro Balbuena e o volante Willians, foram contratados mas não conseguiram um lugar entre os titulares, mesmo depois do desmanche que o clube sofreu no início do ano com o "efeito China". "Eu jogava em outra posição no Flamengo e no Cruzeiro, mas estou me adaptando e brigando por uma posição de forma leal", disse Willians, que foi contratado para repor a saída do volante Ralf. Mas foi Bruno Henrique quem assumiu a posição de primeiro volante. É claro que Tite já tem um time base, mas algumas posições ainda estão aberto. Por exemplo: Rodriguinho e André, que são titulares, só jogam hoje porque não enfrentaram o Cerro Porteño (estavam suspenso). Na defesa, Balbuena tem ido bem quanto entra no time e pode roubar a vaga de Yago, assim como Guilherme Arana é um forte concorrente a Uendel. E é assim que Tite vai estimulando a competição interna. Jogos como o de hoje têm essa função, ainda mais que o Corinthians já está praticamente classificado às quartas de final. É o líder do Grupo D, com 20 pontos, nove pontos à frente do terceiro colocado. A disputa tem sido com o Santos pela primeira colocação geral. LINENSE Pelo outro lado, o técnico Moacir Júnior terá força máxima na partida contra o Corinthians. A principal novidade é o retorno do volante Zé Antônio, que cumpriu suspensão automática na última rodada, na vaga de Marcão. De resto, o time será o mesmo que perdeu para o Red Bull, por 3 a 0, na última rodada, dentro do Gilbertão. Por isso mesmo, o time precisa se reabilitar. E por decisão conjunta entre a diretoria e a comissão técnica atuou com um time misto na sua estreia na Copa do Brasil, quarta-feira, em Lins, quando empatou com o Botafogo-PB, por 1 a 1. A prioridade continua sendo o Paulistão, onde o time soma 13 pontos, em terceiro lugar, no Grupo A, brigando pela segunda vaga com o São Bento, com 14. O líder é o Santos com 21 pontos. Por ter sido campeão da Copa Paulista de 2015 o clube teve sua presença já confirmada, nesta semana, no Campeonato Brasileiro da Série D.