Economia

CNI: emprego na indústria tem 13ª queda consecutiva

01/04/2016 08:00


A fraca atividade continua reduzindo o emprego na indústria, que caiu em fevereiro pelo 13º mês consecutivo, informou ontem a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Mês passado, o emprego diminuiu 0,4% contra janeiro, na série livre de influências sazonais, e está 9,4% inferior a fevereiro de 2015. O setor operou, em média, com 77,6% da capacidade instalada, com alta de 0,5 ponto percentual na comparação com o mês anterior, na série livre de influências sazonais. A utilização da capacidade instalada (UCI) ficou 1,9 ponto percentual abaixo da observada em fevereiro de 2015 e 4,9 pontos percentuais menor que a média histórica. Já o faturamento na indústria cresceu pelo segundo mês consecutivo, com alta de 1,6% em fevereiro comparado ao de janeiro, na série dessazonalizada. Em relação a fevereiro do ano passado, o indicador é 9,9% menor. As horas trabalhadas apresentaram retração de 1,2% no mês passado na comparação com janeiro e está 8,9% abaixo do registrado em fevereiro de 2015. A massa salarial caiu 1,1% e o rendimento médio, 0,3% na comparação com janeiro. Em relação a fevereiro de 2015, a massa salarial teve redução de 11,5% e o rendimento, de 2,3%.