Destaque

Obra de rede de coleta de esgoto em Ferraz deve beneficiar 1,2 mil pessoas

15/04/2016 08:01


Uma parceria entre a Prefeitura de Ferraz e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para a implantação de uma rede coletora de esgoto e galeria de águas pluviais vai beneficiar 1.280 pessoas no Condomínio Santa Tereza, no Parque São Francisco. As obras tiveram início ontem e contaram com a vistoria técnica conduzida pelo prefeito em exercício José Izidro Neto (PMDB); o gerente de Departamento da Sabesp Eduardo Camargo Afonso; o gerente regional Roberto Fumio Hatakeyama; o vereador Luiz Fábio Alves da Silva, o Fabinho, o secretário de Planejamento, Antonio Carlos dos Santos Ferreira, e engenheiros e profissionais da área técnica da Prefeitura e Sabesp. “Estamos começando hoje uma obra tão esperada e aguardada pela população. É uma espera de 25 anos, um problema crônico que havia aqui e que agora, pelo empenho da Prefeitura e a Sabesp, ela será realizada”, afirmou o prefeito José Izidro Neto, enquanto vistoriava o local. Operários e as máquinas já iniciaram os trabalhos para a construção de um ramal coletivo e uma canaleta que vai beirar o muro do condomínio pela parte externa. Além de solucionar os transtornos dos moradores, as obras depois de prontas trarão mais qualidade de vida à comunidade. “Aqui vamos resolver também o problema de possíveis doenças como a dengue e muitas outras. Os moradores já não terão mais que conviver com o esgoto”, afirmou o prefeito. A previsão, segundo o engenheiro Eduardo Camargo, é que a obra dure pelo menos 30 dias para ser concluída. O problema do condomínio é que ele fica na parte baixa e as águas das chuvas de algumas ruas como a Márcia Angélica Lopes e Dino Francisco Jamas Pedral descem para o condomínio que recebe toda a enxurrada: “Será uma parceria. A Sabesp vai fazer a rede coletora e a prefeitura, a galeria de águas pluviais”, explicou Camargo. A rede será feita também para possibilitar futuras manutenções. A síndica do Condomínio Santa Tereza, Geralda Maria Siqueira, elogiou a solução dada ao problema pela Prefeitura de Ferraz e a Sabesp. “O esgoto será colocado no lugar certo. Hoje convivemos com o mau cheiro e muita água da chuva misturada com esgoto, que dependendo da situação, invade até os apartamentos”, afirmou.