Lance Livre

Lance Livre 06/05/2016

06/05/2016 08:00


Prestação de contas As prestações de contas anuais de 30 diretórios estaduais de partidos políticos referentes ao exercício de 2015 foram apresentadas ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) até na segunda-feira, último dia do prazo. Diretórios partidários Os diretórios estaduais do PEN, PT do B, PCO e PCB ainda não enviaram as contas. Os demonstrativos Balanço Patrimonial e Demonstração do Resultado do Exercício 2015 já estão disponíveis no site por meio do link Partidos - Contas Partidárias - Prestação de contas - Ir para Demonstrativos dos Partidos Políticos . Órgãos estaduais Dos órgãos estaduais que apresentaram os balanços, as maiores receitas foram do PSD, com R$ 8,8 milhões; PT, com R$ 8,2 milhões; PMDB, com R$ 5,1 milhões e SD, com R$ 2,4 milhões. Maiores despesas Já as maiores despesas foram do PSDB, com R$ 9,7 milhões; PSD, com R$ 8,6 milhões; PT, com R$ 5,2 milhões e PMDB, com R$ 2,01 milhões. Não incluíram Os diretórios do PC do B, PSL, PTN, PROS e NOVO não incluíram no envio de suas contas os demonstrativos de receitas e despesas. Mais de 110 mil Os cartórios eleitorais do Estado de São Paulo atenderam mais de 110 mil pessoas na última quarta-feira, data-limite para alistamento eleitoral, transferência e regularização de títulos, visando as eleições municipais de outubro. Na Capital Somente na Capital foram computados cerca de 26 mil atendimentos ao longo do dia. Nos últimos dez dias, a procura nas unidades ultrapassou os 650 mil eleitores em todo o Estado. A demanda registrada no mesmo período em 2014 foi de 440 mil atendimentos, e de 760 mil em 2012. Desde 25 de abril Desde 25 de abril, quando a Justiça Eleitoral paulista estendeu o atendimento diário em três horas e fez plantões nos finais de semana e feriados, foram realizadas 170 mil transferências e 190 mil novos alistamentos, sendo 47% destes de jovens entre 15 e 17 anos.