Polícia

Acidente deixa dois mortos em rua próxima à Rodovia Índio-Tibiriçá

21/05/2016 08:00


Duas pessoas morreram e três ficaram feridas em um acidente envolvendo dois carros na sexta- feira em Suzano. A colisão aconteceu na Rua Messias de Oliveira, no bairro Sol Nascente, nas proximidades da Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31). Maria Cícera Ferreira da Silva, de 60 anos, morreu no local do acidente, já Magno Balduino de Oliveira, de 43 anos, foi levado para o Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, onde faleceu. Em informações do Boletim de Ocorrência (B.O.), o policial que atendeu a ocorrência não conseguiu apurar informações sobre as causas do acidente. Dois carros, um GM Classic e um GM Kadett, se envolveram na colisão. Segundo informações do policial que foi ao local, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou primeiros socorros às vítimas. No GM Classic estava a mulher, que morreu, e um pedreiro, que dirigia o veículo. Em verificação, foi constatado que ele estava sendo procurado pela Justiça em um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara de Execuções Criminais de Araçatuba. Devido às lesões sofridas, ele foi levado para o Pronto Socorro do Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba e não pôde comparecer para prestar depoimento na Delegacia Central de Suzano, onde o caso foi registrado. Seu estado de saúde é grave e está internado. A filha de Maria Cícera Ferreira da Silva esteve na delegacia e disse que a mãe era namorada do pedreiro. Já no outro carro, um GM Kadett, estavam três pessoas. Magno Balduíno de Oliveira, que morreu no hospital em Mogi das Cruzes, sua esposa, de 40 anos, e seu filho, de 13. A mulher foi levada para o Pronto Socorro da Santa Casa de Suzano. Ela estava com um edema frontal na cabeça, mas não chegou a se tornar traumatismo. Recebeu os medicamentos necessários e teve alta ontem. O menino, de 13 anos, foi para o Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, em estado grave. Ele passou por uma cirurgia no fêmur, pois teve lesões no fígado e no baço. O estado de saúde ainda é grave e ele continua internado. O local do acidente foi periciado pelo Instituto de Criminalística (IC) de Mogi das Cruzes.