Lance Livre

Lance livre

08/04/2015 08:00


Viviane assume A vice-prefeita de Suzano e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), Viviane Galvão, vai assumir o cargo de prefeita interina na sexta-feira. O prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB) vai se licenciar do cargo por um período de 15 dias. Envio de Documento A ausência de Tokuzumi, por este período, será comunicada na noite de hoje para os vereadores, durante sessão da Câmara Municipal. Esta é a segunda vez que o prefeito se licencia do cargo. Primeira na história A primeira vez em que Tokuzumi saiu de licença foi no final de 2013. Na ocasião, Viviane foi a primeira prefeita da história de Suzano. A transmissão de posse vai acontecer na sexta-feira, no período da manhã, no gabinete do tucano. Centro de Estudos e Debates O Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados (Cedes) está promovendo um amplo debate sobre mobilidade urbana por meio do portal e-Democracia, ferramenta que permite a interação direta dos parlamentares com a sociedade brasileira. Suporte técnico Com o suporte técnico de uma equipe multidisciplinar de consultores legislativos, o órgão vem realizando, desde 2013, estudo sobre o tema, cujo relator é o deputado Ronaldo Benedet. Contribuições O recebimento de contribuições por meio do e-Democracia teve início no dia 19 de março e se estende por 30 dias. Há três formas de participar: comentar e sugerir ajustes ou alterações na Lei da Mobilidade Urbana em vigor (Lei nº 12.587/12); propor ideias com vistas à solução dos principais problemas relacionados à mobilidade urbana e, em seguida, votar nas melhores ideias apresentadas; e participar de fóruns de discussão sobre o assunto. Congresso Estadual de Municípios O Congresso Estadual de Municípios está em sua 59º edição ininterrupta. Anualmente, reúne a classe política do nosso Estado e de nosso País para discutir os principais temas que afetam diretamente os municípios. Até 10 de abril O 59º Congresso Estadual de Municípios, ocorrerá até sexta-feira, no Centro de Convenções Circuito das Águas, em Serra Negra. Até maio Os eleitores brasileiros que deixaram de votar ou não justificaram a ausência nas três últimas eleições têm até o dia 4 de maio para ficar quites com a Justiça Eleitoral. Caso contrário, poderão ter o título cancelado.