Cidades

Polícia Militar será responsável pela escolta e segurança da chama olímpica

21/06/2016 08:01


A Polícia Militar (PM) do Estado de São Paulo será responsável pela segurança da chama olímpica em Suzano, no dia 26 de julho. A informação foi confirmada pelo comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitano 12 (CPMA/M-12), Mauro Lopes, à vice-prefeita de Suzano e também presidente do Comitê de Recepção da Tocha Olímpica, Viviane Galvão, em reunião realizada ontem na unidade militar, em Mogi das Cruzes. Também participaram da reunião o novo comandante do 32º Batalhão da Polícia Militar, o tenente-coronel Wagner Tadeu Matiota, e o secretário-adjunto de Defesa Civil e Social de Suzano, Álvaro Dias. Lopes confirmou que assim como acontecerá em todo o Estado de São Paulo, em Suzano, será a PM a responsável pela escolta e segurança da chama olímpica. Em outros estados, esta tarefa é da Força Nacional. "A PM já está totalmente preparada para esta missão e tudo está muito bem planejado", explicou o comandante. "Faremos a escolta da chama olímpica desde São Paulo até Suzano. Também seremos responsáveis pela segurança durante o trajeto na cidade", adiantou. O comandante informou ainda que a PM estará em Suzano com policiais a pé, de bicicletas, além de equipes da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam). Durante essa reunião, a vice-prefeita revelou os detalhes do percurso que, por determinação da organização dos Jogos Olímpicos, ainda não pode ser divulgado. "Por questões de segurança, não podemos anunciar o trajeto em que a chama olímpica percorrerá em Suzano. No entanto, posso garantir que a Prefeitura de Suzano, através do nosso Comitê de Recepção da Tocha Olímpica, não está medindo esforços para que o dia 26 de julho entre para a história da nossa cidade como um dia de festa e alegria", argumentou. "É uma ocasião muito especial. Será uma honra para Suzano participar desta maneira dos Jogos Rio 2016", ressaltou.