Colunista

Lordello, por onde começo a resolver meu problema?

29/06/2016 08:00


Jorge LordelloUm turista visitou uma catedral onde um artista trabalhava em um enorme mosaico. Ao ver a vasta parede que ainda deveria ser preenchida, perguntou: “Você não fica preocupado com todo esse espaço que precisa cobrir? Não se preocupa sobre quando conseguirá terminar?”. O artista respondeu com simplicidade: “Eu sei o que posso fazer a cada dia. A cada manhã marco a área que farei e não me preocupo com o espaço que falta. Assumo um dia de cada vez; um dia o mosaico estará terminado. Muitos dos grandes obstáculos que atrasam nosso momento são como esta grande parede. Nós podemos nos preocupar com o enorme quadro que temos que criar ou podemos, simplesmente, começar a enchê-lo com imagens maravilhosas e únicas - a impressão de nossas vidas - fazendo o melhor que pudermos cada dia que nos é dado. E, no final, teremos montado o melhor quadro”. Recebo constantemente e-mails de pessoas desconhecidas que desabafam sobre seus problemas e ao final, geralmente, fazem o seguinte pedido: “Lordello, como me livro dessas dificuldades?” Caro leitor, tenho a impressão que muita gente espera uma dica milagrosa capaz de solucionar todos os infortúnios. Mas esse tipo de remédio ainda não foi inventado! É comum pessoas enxergarem suas dificuldades de forma distorcida ou aumentada. É como estar fora do peso e ter medo da balança; nessa situação, nunca vai se saber o peso certo e, consequentemente, a solução para o problema. Se o leitor está passando por alguma dificuldade emocional, sentimental ou financeira, tenho um excelente conselho a ofertar, e que começa com uma singela pergunta: por onde você deve começar? O melhor lugar para começar é exatamente onde você está hoje. A estorinha do mosaico que narrei no início desta crônica, é a chave do enigma para resolução dos problemas. Concentre-se no que você pode fazer. Logo ao levantar pela manhã, escreva todas as atividades que se propõe a realizar no dia e se esforce ao máximo para concluí-las. Tenho absoluta certeza que antes de dormir você terá sentimento de dever cumprido; que subiu alguns degraus; que foi útil... E quando menos esperar, seu mosaico estará totalmente preenchido.