Cidades

GCM e Polícia flagram crime ambiental

29/07/2016 08:01


Em duas ações, a Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal (GCM) flagraram casos de crimes ambientais. As ocorrência foram, na quarta-feira, em um intervalo de três horas nos bairros Cruzeiro do Sul e Sete Cruzes. Segundo os Boletins de Ocorrência, os acontecimentos não resultaram em prisões. No primeiro caso, investigadores da Delegacia Central receberam uma denúncia sobre uma frota de caminhões que despejava entulho e restos de construção irregularmente em um terreno na Avenida Senador Roberto Simonsen, no Cruzeiro do Sul. Já no local, os policiais observaram que houve uma tentativa de fuga, porém, os suspeitos foram detidos. A polícia constatou que os caminhões tinham materiais, que seriam despejados. Os homens averiguados afirmaram que foram contratados por uma empresa de Poá para realizar o transbordo do material até a área. O segundo caso é de descarte em um aterro, na Estrada dos Fernandes, Sete Cruzes. A GCM já havia embargado o local, mas a corporação recebeu nova denúncia dizendo que o proprietário da área estava aterrando o local. Os guardas flagraram um trator em atividade, além de um caminhão. Tanto o operador do veículo, quanto o dono da área fugiram. Eles deixaram um idoso, 71 anos, que era o responsável por dirigir o caminhão. Por não ter sido encontrado provas contundentes, que incriminassem o motorista, além de nenhuma documentação relatando se a área é de preservação ambiental, o delegado plantonista determinou que motorista fosse liberado. O caminhão foi apreendido.